Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/12516
Título: Qualidade nutricional e tecnológica dos alimentos na ótica do consumidor
Autor: Ribeiro, Maria Isabel
Fernandes, António
Cabo, Paula
Matos, Alda
Palavras-chave: Alimentos
Consumidor
Nutrição
Qualidade
Tecnologias
Data: 2015
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Ribeiro, Maria Isabel; Fernandes, António; Cabo, Paula; Matos, Alda (2015) - Qualidade nutricional e tecnológica dos alimentos na ótica do consumidor. In Bento, Albino (Ed.) I Congresso Nacional das Escolas Superiores Agrárias: livro de resumos. Bragança: Instituto Politécnico de Bragança. ISBN 978-972-745-198-2
Resumo: A qualidade e a segurança dos alimentos são importantes fatores para a tomada de decisão dos consumidores. Este trabalho de investigação teve como objetivo conhecer a perceção dos consumidores em relação à qualidade dos alimentos e hábitos de compras. Tratase de um estudo observacional, descritivo e transversal que teve como base a aplicação de um questionário. A recolha de dados foi realizada de abril a julho de 2015 em três superfícies comerciais do Concelho de Bragança. Na totalidade participaram 200 indivíduos, dos quais, 52,5% eram do género masculino. A maioria tinha idade compreendida entre os 18 e os 24 anos (50,5%), era casado ou vivia em união de facto (72,4%), possuía como habilitações literárias, o ensino secundário (52,5%) e usufruía de um rendimento mensal líquido inferior a 1000 €. A maioria dos consumidores afirmou que tem em conta o valor nutricional dos alimentos que consome (63,5%), embora apenas 43,2% tenha o hábito de avaliar a tabela nutricional dos mesmos. O que chama mais a atenção dos consumidores no rótulo é a validade (41%), os ingredientes (27%), a tabela nutricional (12,1%) e, por último a marca (8%). Habitualmente, na opinião dos consumidores, a qualidade de um produto relaciona-se com a nutrição (50,8%), a higiene (31,7%) e o preço (23,1%), sendo os três fatores considerados mais importantes no momento da compra. Para o consumidor as tecnologias são importantes e contribuem para aumentar o valor nutricional dos alimentos (53,5%), destacando-se, a radiação (26,9%), os aditivos e conservantes (20,3%) e a secagem (15,3%) como as mais prejudiciais do ponto de vista nutricional. O consumidor considera obter alimentos de maior qualidade nutricional, saudável e tecnológica, nos grupos das frutas (61,4%), leguminosas (57,7%) e cereais (41,6%). O consumidor está, atualmente, mais exigente quanto à qualidade dos alimentos, destacando-se nesta investigação os parâmetros “nutrição” e “higiene”.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/12516
ISBN: 978-972-745-198-2
Aparece nas colecções:CIMO - Resumos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
resumo alimentar.pdf6,88 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.