Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/8389
Título: Uma história das crianças e das instituições de educação de infância numa região do interior norte de Portugal
Autor: Castanheira, Manuel Luís Pinto
Rodrigues, Maria José
Palavras-chave: Educação de Infância
Instituições educativas
Escolarização
Data: 2012
Editora: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Citação: Castanheira, Manuel Luís Pinto; Rodrigues, Maria José (2012). Uma história das crianças e das instituições de educação de infância numa região do interior norte de Portugal. In Mogarro, M.J., Cunha, M.T.S. (orgs.), Rituais, Espaços & Patrimónios Escolares. IX Congresso Luso Brasileiro de História da Educação. Lisboa: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa. p. 2035-2044. ISBN 978-989-96999-6-0
Resumo: A história da vida das crianças ao longo dos tempos tem sido objeto de perplexidades para aqueles que se preocupam com o seu estudo sistemático e em averiguar o espaço que a criança ocupou nas sociedades do passado. Com a crescente contribuição de estudos locais, a produção cientifica em História da Educação em Portugal tem ficado mais completa. É assim fundamental compreender estes novos textos que vão aparecendo e averiguar o que altera nesta nova história da Escola e da Educação e a sua evolução ao longo dos tempos. A significativa produção de estudos, evidencia o importante espaço de discussão e de consolidação da temática como campo de pesquisa. Este estudo, pretende ser mais um contributo, e apresentar novos dados, pois realiza uma cartografia do conhecimento produzido em História da Educação de Infância na região do Nordeste-Transmontano, mais propriamente no Distrito de Bragança, no concelho de Vimioso, entre 1837 e 1983, numa perspetiva do processo de construção da memória e do conhecimento educacional e escolar. Identifica temas privilegiados pelos pesquisadores, que carecem de desenvolvimento, tentando avançar as questões de pesquisa na área. O paradigma de investigação que sustenta o estudo integra-se numa perspetiva hermenêutica, utilizando metodologias de análise qualitativa na interpretação multidimensional dos problemas equacionados e numa heurística de procura de documentos. Definir o tema desta investigação foi sobretudo pensar o objeto e não apenas escolher o assunto. Entende-se por Educação de Infância toda e qualquer educação destinada às crianças com idade inferior à idade da escolaridade obrigatória. No caso específico de Portugal, o período vai dos três aos seis anos de idade, embora, no período considerado, fosse até aos sete anos, o que respeitamos neste estudo. Este texto faz uma retrospetiva da vida local, das crianças e das instituições educativas,
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/8389
ISBN: 978-989-96999-6-0
Aparece nas colecções:ESE - Artigos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
COLUBHE-2012-pp.-1-32201.pdf281,72 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.