Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Capítulos de Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2556

Título: Prática de actividade física em jovens alunos do ensino superior público do concelho de Bragança
Autor: Ribeiro, Maria Isabel
Fernandes, António
Palavras-chave: Actividade física
Género
IMC
Estudantes
Ensino superior público
Bragança
Issue Date: 2010
Editora: UTAD
Citação: Ribeiro, M.; Fernandes, A. (2010) - Prática de actividade física em jovens alunos do ensino superior público do concelho de Bragança. In Lopes, V. Rodrigues, V., Coelho, E. e Monteiro, M. (Coord.), Promoção da Saúde e Actividade Física: Contributos para o Desenvolvimento Humano, Vila Real: UTAD. p. 534-544. ISBN 978-972-669-969-9
Resumo: Vários estudos epidemiológicos têm evidenciado a importância da actividade física comprovando a sua contribuição para uma vida saudável e o bem-estar do indivíduo. Esta investigação tem como objectivos analisar o tempo que os jovens alunos do ensino superior público do concelho de Bragança dedicam à prática de actividade física. Assim, usaram-se os testes de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis ao nível de significância de 5% para verificar se existem diferenças, estatisticamente, significativas no tempo despendido em actividades físicas tendo em conta factores como o género/classe etária e Índice de Massa Corporal (IMC), respectivamente. Para a prossecução destes objectivos, realizou-se um estudo transversal com base numa amostra estratificada e aleatória constituída por 348 alunos. Como instrumento de recolha dos dados foi utilizado o Questionário Internacional de Actividade Física (IPAQ) proposto pela Organização Mundial de Saúde (1998). Os resultados revelaram que, do total de inquiridos, 67,5% são do género feminino e têm, em média, 20,8 ± 1,4 anos de idade. Depois de categorizado IMC, verificou-se que 5,7% apresentaram baixo peso, 80,5% revelaram ter um peso normal e 12,2% mostraram ter excesso de peso ou obesidade. Para além disso, os resultados revelaram que os inquiridos disponibilizam, em média, 2 horas e 13 minutos por semana para a prática de actividades físicas leves ou moderadas. Já, na prática de actividades vigorosas, os estudantes despendem, em média, 1 hora e 8 minutos por semana. Os resultados da comparação do tempo dedicado à prática de exercício físico tendo em conta o género, a classe etária e o IMC revelaram que o género masculino despende mais tempo na execução de actividades vigorosas, enquanto, o género feminino emprega mais tempo na execução de actividades que exigem um esforço moderado. Por outro lado, verificou-se que o tempo dedicado quer a actividades moderadas, quer a actividades vigorosas é igual, independentemente, da classe etária e do IMC do inquirido.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2556
ISBN: 978-972-669-969-9
Appears in Collections:CSE - Capítulos de Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ribeiro.pdf153,4 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia