Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7308

Título: Aquacultura: principais limitações e potencialidades dum sector em evolução
Autor: Geraldes, Ana Maria
Fernandes, Conceição
Valentim, Ramiro
Teixeira, Amílcar
Issue Date: 2010
Editora: ESAB-CIMO
Citação: Geraldes, A; Fernandes, Conceição; Valentim, R; Teixeira, A. (2010) - Aquacultura: principais limitações e potencialidades dum sector em evolução. In Curso Produção e Tecnologias do Pescado: resumo das comunicações. Bragança: ESA. p. 9
Resumo: A aquacultura visa a criação de organismos aquáticos, nomeadamente peixes, moluscos, crustáceos e plantas aquáticas. Este processo implica a intervenção do homem tanto a nível económico, no aumento da produção, como ao nível do repovoamento e da protecção de espécies. A degradação dos habitats naturais, a poluição da água, a demanda crescente e a sobre-exploração dos recursos aquícolas selvagens, epicontinentais e marinhos, justificam a aposta no desenvolvimento do sector da aquacultura. É nesta perspectiva que inicialmente será apresentada uma panorâmica da evolução da importância da aquacultura, tendo em conta os principais constrangimentos e potencialidades futuras. De seguida, serão apresentados aspectos genéricos relacionados com o processo produtivo de espécies aquícolas tendo em conta os factores bióticos (e. g. características biológicas) e os factores abióticos (e.g. qualidade da água) condicionantes. Serão também abordados os diferentes processos de produção e focadas as sua vantagens e limitações, desde o sistema intensivo ao sistema extensivo.A aquacultura não se resume apenas à “produção intensiva” de espécies aquícolas para consumo humano. Neste contexto, existe um conjunto doutras oportunidades com fins científicos e/ou técnicos diversos que envolvem, por exemplo, a manipulação genética de animais e plantas (muito utilizada na aquariofilia) ou a conservação de espécies autóctones ameaçadas. Por fim, será ainda realçada a importância da aquacultura num quadro de sustentabilidade, com a devida mitigação de impactos negativos, muitas vezes associados à aquacultura intensiva.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/7308
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Resumos_ Curso Pescad_2010_Aquacultura.pdf111,58 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia