Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Gestão Industrial >
DGI - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6698

Título: Metodologia de apoio à gestão logística em unidades de saúde
Autor: Vaz, Clara B.
Palavras-chave: Prestação de serviços de saúde
Logística
Kaizen
Issue Date: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Saúde
Citação: Vaz, Clara B.(2012) - Metodologia de apoio à gestão logística em unidades de saúde. In Ias Jornadas de Farmácia ESSa- IPB. Bragança. p. 185-199. ISBN 978-972-745-127-2.
Resumo: No sector da saúde, verifica-se a necessidade de planear, implementar e controlar, de forma eficiente e eficaz, os fluxos directos e inversos de serviços (e materiais) e toda a informação associada, desde o ponto de origem ao ponto de atendimento, de forma a satisfazer os requisitos da prestação de cuidados de saúde aos utentes. Geralmente, reconhece-se que existem vários exemplos reais de desperdícios nas unidades de saúde, associados aos fluxos de materiais e serviços, que poderiam ser reduzidos ou eliminados, sem por em causa a qualidade dos serviços de saúde prestados aos utentes. Nesta óptica, propõe-se uma metodologia de apoio à gestão logística em unidades de saúde, que visa a qualidade dos serviços prestados e a redução e eliminação de desperdícios. Numa primeira fase, define-se o processo actual onde foi identificado o problema recorrendo a ferramentas visuais (mapeamento da cadeia de valor, fluxograma) e à quantificação do desempenho actual do processo. Numa segunda fase, analisam-se os factores que, hipoteticamente, influenciam significativamente o problema em causa (diagrama de causa efeito), seleccionam-se os factores mais críticos (Análise de Pareto), investigam-se as melhores práticas e estabelecem-se objectivos de melhoria. Numa terceira fase, propõe-se a melhoria que visa a eliminação ou redução dos desperdícios utilizando ferramentas Kaizen. A proposta de resolução do problema deve ser descrita e representada, para ser posteriormente implementada. Finalmente, controla-se o desempenho do processo de forma a averiguar a implementação da melhoria. A metodologia requer a intervenção de equipas multidisciplinares (especialistas de gestão, especialistas da saúde) e deve ser aplicada no âmbito da melhoria contínua. Apresenta-se um caso de estudo preliminar de aplicação da metodologia para redução de desperdícios em unidades de saúde, realizado por equipa multidisciplinar. Conclui-se que a metodologia proposta facilita a análise da situação actual, contribui para uma melhor visualização dos problemas, permite perceber as origens das dificuldades e desperdícios, tornando a proposta de soluções mais evidente e aceite pelas entidades envolvidas.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6698
ISBN: 978-972-745-127-2
Appears in Collections:DGI - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Artigo_Livro de Actas_Ias Jornadas de Farmacia ESSa IPB_14-03-2012.pdf358,5 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia