Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/5038
Título: AVC, úlceras e terapia compressiva
Autor: Alves, Adélia
Martins, Carla
Antão, Celeste
Borges, Helena
Borges, Marco
Palavras-chave: AVC
Ulcera
Terapia compressiva
Data: 2008
Editora: Congresso de Saúde do Nordeste
Citação: Antão, Celeste; Alves, Adélia; Martins, Carla; Borges, Helena; Borges, Marco (2008) - AVC, úlceras e terapia compressiva. In Congresso de Saúde do Nordeste. Bragança
Resumo: O AVC é um quadro clínico de instalação brusca ou relativamente rápida, dependendo das alterações vasculares do Sistema Nervoso Central (Martins, 2002). O mesmo não se pode dizer em relação ao tratamento das sequelas. É inegável que a ocorrência de AVCs anda associada à perda de mobilidade, nalguns casos parcial, noutros de uma forma total. A imobilidade, tal como a obesidade e traumatismos estão associados ao histórico de úlceras venosas. Objectivo: Avaliar a eficácia da terapia compressiva no tratamento das úlceras venosas. Metodologia: Estudo Experimental; instrumento de colheita de dados: formulário e observação directa; Tratamento estatístico: manual; População: 17doentes portadores de úlcera de perna em tratamento no Centro de Saúde de Bragança em Fevereiro de 2008. Conclusoes: A terapia compressiva é o tratamento de eleição na úlcera de perna de etiologia venosa. O seu início, depende de uma avaliação inicial de IPTB (Índice pressão tornozelo/braço) que permite excluir comprometimento arterial. Os dados obtidos permitiram concluir que a maior incidência é etiologia venosa. Em 7 casos verificou-se que a cicatrização ocorreu às 12 semanas e em 4 casos ocorreu num período superior às 12 semanas
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/5038
Aparece nas colecções:CE - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Poster.pdf55,28 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.