Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3174
Título: Estudo do nível de desenvolvimento da coordenação motora da população escolar (6 a 10 anos de idade) da região autónoma dos Açores
Autor: Lopes, Vítor P.
Maia, José A.R.
Silva, R.G.
Morais, F.P.
Palavras-chave: Coordenação motora
Diferenças entre sexos
Perfis multivariados
Data: 2003
Editora: Universidade do Porto. Faculdade de Ciências do Desporto e de Educação Física
Citação: Lopes, Vítor P.; Maia, José A. R.; Silva, R.G; Morais, F.P. (2003) - Estudo do nível de desenvolvimento da coordenação motora da população escolar (6 a 10 anos de idade) da região autónoma dos Açores. Revista Portuguesa de Ciências do Desporto. ISSN 1645-0523. 3:1, p. 47-60.
Resumo: Os propósitos da presente investigação foram: (1) caracterizar o estado de desenvolvimento da coordenação motora ao longo dos quatro anos do 1º ciclo do ensino básico (1CEB); (2) mapear as diferenças entre as crianças dos dois sexos; e (3) identificar a presença de insuficiência de desenvolvimento coordenativo. A amostra foi constituída por 3742 crianças de ambos os sexos dos 6 aos 10 anos de idade a frequentar o 1CEB na Região Autónoma dos Açores. A coordenação foi avaliada através da bateria de testes de coordenação corporal (Körperkoordinationstest für Kinder - KTK) que é composta por quatro testes: (1) equilíbrio em marcha à retaguarda (ER);(2) saltos laterais (SL);(3)saltos monopedais (SM); e(4)transposição lateral (TL). A partir do resultado de cada teste, e através da utilização das tabelas de valores normativos fornecidas pelo manual, obtém-se um quociente motor (QM). Fez-se a análise teste a teste e ao QM. Para além das medidas descritivas (média e desvio-padrão), recorreu-se à ANOVA factorial para identificar diferenças entre os sexos ao longo da idade, e utilizou-se a função discriminante para testar a presença de perfis multivariados de coordenação motora. Verificou-se que, em ambos os sexos e em todas as provas da bateria, ocorre um incremento significativo dos valores médios de cada teste ao longo da idade, tendo os meninos valores médios superiores aos das meninas em todos os intervalos etários em todos os itens da bateria, com a excepção dos SL. Os valores médios do desempenho nas quatro provas são inferiores aos valores médios obtidos noutros estudos realizados, quer em Portugal, quer no estrangeiro. Contrariamente ao esperado, os valores médios do QM decrescem com a idade. A generalidade das crianças, em ambos os sexos e nos diferentes intervalos etários, situa-se no intervalo de insuficiência coordenativa e de perturbações de coordenação. Constata-se, em ambos os sexos, a tendência generalizada para as crianças de uma idade mostrarem perfis de coordenação motora inferiores àqueles que são esperados para a sua idade. Tal circunstância revela uma forte insuficiência em aspectos do desenvolvimento coordenativo nas diferentes idades.
URI: http://hdl.handle.net/10198/3174
ISSN: 1645-0523
Versão do Editor: http://www.fade.up.pt/rpcd/entrada_ingles.html
Aparece nas colecções:DCDEF - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
EstudoNívelCoordenaçãoAçoresRPCD2003vol3nr1.pdf913,34 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.