Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Posters em Encontros Científicos Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/2552

Título: Influência do regime alimentar na sintomatologia da menopausa
Autor: Rosa, Ana
Mota, Fabiana
Ferreira, Diana
Fevereiro, Telma
Fernandes, António
Gomes, Ana Filipa
Palavras-chave: Menopausa
Regime alimentar
Issue Date: 2010
Editora: Associação Portuguesa dos Nutricionistas
Citação: Rosa, Ana; Mota, Fabiana; Fereira, Diana; Fevereiro, Telma; Fernandes, António; Gomes, Ana (2010) - influência do regime alimentar na sintomatologia da menopausa. IX Congresso de Nutrição e Alimentação. Lisboa: Associação Portuguesa dos Nutricionistas
Resumo: O climatério representa toda a transição da fase reprodutiva à não reprodutiva, coincidindo com a diminuição da produção adequada de estrogénio e progesterona pelos ovários. Ocorre por volta dos 45 anos e pode estender-se até aos 65 anos de idade. A menopausa é o evento que determina o fim do climatério e consiste na extinção permanente da menstruação, resultante da perda da função folicular ovariana ou à remoção cirúrgica dos ovários. Durante ambas as fases, manifestam-se profundas mudanças físicas e emocionais associadas à carência estrogénica. A sintomatologia mais comum consiste em sintomas vasomotores, como modificações do humor, calores, distúrbios do sono e sintomas decorrentes da hipotrofia genital. Em relação aos sintomas emocionais, é possível afirmar que estes são extremamente variáveis, uma vez que muitas mulheres podem ser assintomáticas e outras apresentam sintomatologia mais intensa. Algumas mulheres ainda, vivenciam-no de forma negativa apresentando vários sintomas e queixas psíquicas, entre os quais, a irritabilidade, ansiedade, depressão e as disfunções sexuais. Existem ainda repercussões observadas a longo prazo, tais como osteoporose e aumento de morbilidade cardiovascular. As alterações hormonais associadas à transição menopaúsica podem afectar também a composição corporal, havendo tendência para o aumento de peso. Classicamente a terapia de substituição hormonal (TSH) é a terapia de 1ª linha utilizada no tratamento da sintomatologia da menopausa com diversos efeitos adversos, mas ultimamente têm vindo a surgir alternativas terapêuticas à TSH com substâncias extraídas de plantas que apresentam efeito estrogénico – os fitoesterogénios. Os fitoestrogénios são estrutural e funcionalmente similares ao estradiol. São classificados em quatro grandes grupos: esteróis, terpenoides, saponinas e fenólicos. Dentro do grupo fenólico encontramos as isoflavonas, os lignanos, os coumestanos, os flavanóis, as favonas, as chalconas e os esteróis. As isoflavonas encontram-se entre as classes que possuem maior actividade estrogénica, das quais, a genistaína, a daidzeína e a gliciteína, que estão presentes no gérmen de soja, por exemplo. A soja e seus produtos são alimentos privilegiados nas dietas vegetarianas. Existem três tipos de dieta vegetariana: a pura, restrita ou total (vegan) que se baseia no consumo de produtos estritamente de origem vegetal; a lactovegetariana, que associa também o leite e os seus derivados; e a ovolactovegetariana, que permite também a ingestão de ovos, além de todos os anteriores. Segundo estudos realizados, verifica-se que os vegetarianos consomem cada vez mais soja e alimentos compostos por soja. Ao que parece, estes produtos, pela sua riqueza em proteínas, fibra e fitoesteróides, parecem ser os principais alimentos, responsáveis, mas não os únicos, pelos benefícios apontados às dietas vegetarianas, como as baixas taxas de cancro, doenças cardiovasculares, osteoporose e mortalidade e melhoria da sintomatologia da menopausa. Assim sendo, foi principal objectivo deste estudo relacionar a ingestão de alimentos tipicamente ingeridos por vegetarianas com a sintomatologia da menopausa, quer física, quer emocional.
URI: http://hdl.handle.net/10198/2552
Appears in Collections:CSE - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
poster final_APN.pdf1,46 MBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia