Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/14556
Título: INTEGRA(-TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismo
Outros títulos: INTEGRA(-TE): culture, science, pedagogy and entrepreneurship
Autor: Vaz, Paula Marisa Fortunato
Gonçalves, Vitor
Branquinho, Raquel
Fachada, Ivone
Palavras-chave: Projeto INTEGRA
PALOP
Multiculturalidade
Ciência
Empreendedorismo
Data: 2017
Editora: Universidade do Minho, Instituto de Educação, Centro de Investigação em Educação
Citação: Vaz, Paula Marisa Fortunato; Gonçalves, Vitor; Branquinho, Raquel; Fachada, Ivone (2017) - INTEGRA(-TE): cultura, ciência, pedagogia e empreendedorismo = INTEGRA(-TE): culture, science, pedagogy and entrepreneurship. In Silva, B.; Almeida, L.; Barca, A.; Peralbo, M.; Alves, R. (Orgs.) Livro do Programa e Resumos das Comunicações do XIV Congresso Internacional Galego-Português de Psicopedagogia. Braga
Resumo: Vivemos numa sociedade onde a importância do acolhimento e da inclusão de cidadãos que se encontram em situação de vulnerabilidade, face aos contextos de onde provêm, é cada vez mais manifesta. Uma em cada cinquenta pessoas - mais de 190 milhões - vive fora dos seus países de origem. Assim, e na demanda contínua de novas estratégias que procurem construir uma sociedade ativa e envolvida na busca de soluções de utilidade social, o Centro de Ciência Viva de Bragança, em estreita colaboração com a Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Bragança, desenvolvem em 2017 e 2018 um Projeto denominado ‘Rotas Científicas para uma Integração Intercultural’, financiado ao abrigo do programa “INTEGRA” pela Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica – Ciência Viva. Este projeto, elenca como objetivo geral o envolvimento de uma comunidade de jovens oriundos de Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOPS) residentes em Bragança, constituída por cerca de quatro centenas de estudantes (Angola [n=33], Cabo Verde [n=353], Moçambique [n=15] e São Tomé e Príncipe [n=45]), através da utilização de ferramentas científicas, tecnológicas e pedagógicas, estruturadas em três ilhas de conhecimento principais: (i) Ciência e Tecnologia, (ii) Multiculturalidade e Diversidade Cultural e (iii) Pedagogia e Educação na exploração de novos desafios. Assim, de uma forma interventiva e continuada, o plano de atividades de complemento curricular e pedagógico estruturado para estas ações, visa facilitar o desenvolvimento independente destes cidadãos, em diferentes níveis: académico (nas áreas científicas, tecnológicas, educacionais e de empreendedorismo), social, pessoal e socioemocional. A construção deste cluster agregador, propício ao diálogo intercultural, pedagógico e científico, e aberto ao pensamento crítico e criativo, permitiu já o desenvolvimento (durante o ano vigente) de cerca de uma dezena de iniciativas, participadas ativamente pelos intervenientes referidos e segmentadas nas três ilhas suprarreferidas. Em termos de planificação estratégica (2017-2018), elencamos ainda o desenvolvimento de conteúdos (exposições temporárias, meios audiovisuais, fotografias); conferências e debates temáticos; mostra de atividades de empreendedorismo e de processos de geração de ideias; para além da valorização e do reconhecimento dos recursos endógenos e multiculturais (mosaico paisagístico natural, gastronomia, dança, música, entre outros) das regiões de proveniência dos cidadãos, em cruzamento com a Região do Nordeste Transmontano. Em termos futuros, e através da análise decorrente dos resultados dos inquéritos aplicados aos participantes e investigadores durante o decurso destas ações, pretende-se avaliar este projeto com vista a aferir a sua extensão a outros públicos-alvo, facilitando pela via inclusiva e da preservação dos valores científicos, humanos e culturais, o estímulo à curiosidade, o desenvolvimento do conhecimento e do comportamento que envolve as capacidades intelectuais e comunicacionais dos indivíduos, bem como o encorajamento da manifestação de atitudes e opiniões. Acresce que, e considerando ainda as exigências inerentes à sociedade contemporânea em que vivemos, urge impulsionar o espírito empreendedor de cada individuo, identificando, criando e explorando novas possibilidades e necessidades, condição fulcral para a capacitação de cidadãos para um mundo competitivo e em constante mudança.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/14556
ISSN: 978-989-8525-52-9
Versão do Editor: http://net.ie.uminho.pt/xivgp/vol1.pdf
Aparece nas colecções:DTEGI - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
VG XIVCIGPP_indice_v2.pdf2,23 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.