Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/967

Título: Integração adaptativa de aplicações multicast para conferência multimédia
Autor: Deusdado, Sérgio
Palavras-chave: Comunicações por computador
Multicast
Conferência multimédia
Issue Date: 2002
Editora: Universidade do Minho
Citação: Deusdado, Sérgio - Integração adaptativa de aplicações multicast para conferência multimédia. Braga : Universidade do Minho, 2002. Tese de Mestrado
Resumo: A Internet, sobretudo a nova geração, perfila-se como panaceia para as exigências de comunicação digital nos mais vastos domínios. Na educação, e particularmente no ensino à distância, a via da "webização" não ficou por explorar. À medida que o serviço WWW foi evoluindo, incorporaram-se ferramentas de conferência multimédia distribuída que fomentam a interactividade e as relações pró-humanas. As aplicações de comunicação em grupo são, cada vez mais, representativas no rol de aplicações que usam a Internet mas, insipientes em sustentar o seu desempenho devido a uma Qualidade de Serviço (QoS) limitada. Tais aplicações, encontraram na tecnologia multicast uma aliada para a sua implantação e escalabilidade. O suporte à tecnologia de difusão selectiva ou multicast encontra-se entre as directivas para a concepção de redes informáticas da nova geração. Sendo uma metodologia eficiente para comunicar em grupo, o multicast exponenciará o desenvolvimento futuro das tecnologias de interligação e aplicacionais. Apesar do tráfego de rede decrescer, a dimensão dos grupos e a heterogeneidade da Internet podem colocar problemas de escalabilidade. Em ambientes com recursos variáveis, compete às aplicações providenciar mecanismos de preservação da qualidade dos parâmetros críticos da comunicação em grupo. A capacidade de adaptação da QoS de uma aplicação em face dos recursos disponíveis é um factor de qualidade dessa mesma aplicação. As aplicações de tempo crítico tolerantes, como as videoconferências, são potenciais beneficiárias desta inovação, no entanto, nem todas incorporam tecnologia adaptativa que lhes permita um comportamento "consciente" perante a QoS prestada pela rede e pelo sistema final. A adaptação, nestes casos, pode ser lograda com recurso a uma camada de middleware multiplataforma, que tutelará a adjudicação ou limitação dos recursos de processamento e interligação disponíveis para as aplicações. No intuito de congregar todas estas contribuições tecnológicas, desenvolveu-se uma plataforma adaptativa integrando ferramentas multicast de domínio público, sendo esta aplicada a um sistema de educação à distância. Este sistema, baseado no serviço WWW, está centrado no cliente (e-aluno), privilegiando as boas práticas pedagógicas e a usabilidade pró-activa de meios telemáticos e multimediáticos. Os serviços disponibilizados, incluindo as conferências multimédia multicast (CMM) interactivas com QoS adaptada, são usáveis de forma integrada e transparente para o utilizador.
Descrição: Tese de Mestrado em Informática, Especialização em Comunicações por Computador
URI: http://hdl.handle.net/10198/967
Appears in Collections:CSE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese_mestrado.pdf2,92 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE