Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
TIC - TIC na Educação e Formação >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7632

Título: Conceção, implementação e avaliação de uma revista júnior de investigação
Autor: Lopes, Luísa Maria Afonso Fernandes Diz
Orientador: Gonçalves, Vitor
Palavras-chave: Revista de investigação
Sistema de edição eletrónica
Literacia
Plágio
Produção e divulgação de conhecimento
Issue Date: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Lopes, Luísa Maria Afonso Fernandes Diz (2012) - Conceção, implementação e avaliação de uma revista júnior de investigação. Bragança: Escola Superior de Educação. Dissertação de Mestrado em TIC na Educação e Formação
Resumo: A vertigem informacional que caracteriza a sociedade atual exige cidadãos capazes de selecionar criteriosamente a informação e os meios existentes para a obter, de a integrar e utilizar na produção de novo conhecimento, o que implica um investimento no sentido de inverter a tendência para uma apreensão superficial dessa informação. Neste sentido, é necessário que, desde cedo, os jovens operacionalizem processos cognitivos e metodológicos associados à investigação, leitura e escrita, respeitando as normas inerentes a cada processo e tipologia textual envolvidos, entre os quais, tratando-se de um contexto de produção e divulgação de conhecimento, no qual confluem várias vozes, se encontra o respeito pelos direitos de autor. E é da responsabilidade da sociedade, em geral, e das escolas, em particular, criar contextos propícios ao desenvolvimento desses processos. Um dos contextos possíveis foi criado no âmbito deste estudo: uma revista júnior de caráter científico, que, pela visibilidade que confere aos trabalhos, se constitui como um incentivo à realização de percursos de investigação, que mobilizam saberes e competências ligados às literacias da ciência, da leitura, da escrita e da informação. A avaliação crítica e construtiva inerente ao processo de orientação conduzido pelos professores e ao de revisão anónima, efetuado por especialistas, assegura a qualidade dos trabalhos publicados. Este estudo desenvolveu-se ao longo de sete meses, durante os quais se concebeu, implementou e avaliou uma revista júnior de investigação, suportada por um sistema de edição eletrónica que permite a arbitragem científica anónima. No centro de todo o processo estão os alunos de 3º ciclo e secundário que, auxiliados por documentação produzida e orientados por professores ou outras pessoas mais experientes, produzem, submetem e reformulam trabalhos. O estudo foi concebido segundo os modelos de gestão de projetos e de gestão de sistemas de informação, seguindo as linhas da metodologia de desenvolvimento que compreende, na fase de avaliação do processo, o estudo de caso. Numa primeira fase, desenhou- se e especificou-se o projeto. Na segunda, selecionou-se e instalou-se o sistema que suporta a revista, procedeu-se à promoção e implementação do projeto, que, na última fase, se desenvolveu e avaliou. Os dados resultantes de questionários, observação, registos do sistema e documentação permitem concluir que há espaço para este projeto, já que a adesão das escolas foi positiva no que diz respeito ao número de participantes e à quantidade e qualidade de trabalhos submetidos e que o sistema de edição eletrónica selecionado e utilizado noutros contextos pode ser usado em projetos editoriais jovens. Isto traduz-se na perceção de que através deste projeto editorial se realizam aprendizagens fundamentais para a construção de uma sociedade mais amiga do conhecimento. The information vertigo that is so characteristic of today's society requires citizens able of carefully selecting available information and means to obtain, integrate and use it in the production of new knowledge. Our society should, therefore, invest to reverse the trend towards a superficial understanding of this information. In this sense, it is necessary that, early on, young people operationalize methodological and cognitive processes associated with research, reading and writing, following the rules pertaining to each process and textual type, namely the respect for copyright, especially in the case of a context of knowledge production and dissemination that mingles so many voices. And it is also the responsibility of society in general, and schools in particular, to create contexts conducive to the development of these processes. One of the possible contexts was created in the realm of this research: a junior scientific journal, which, by giving visibility to the works, is an incentive to conduct research pathways that enable knowledge and skills connected to science, reading, writing and information literacies. The critical and constructive assessment inherent in the guidance process, conducted by teachers, and the anonymous review, conducted by experts, ensures the quality of published works. This research was carried out over seven months, during which a referee-reviewed junior research journal was designed, implemented and evaluated, supported by an electronic editing system that allows anonymous referees. In the center of the whole process there were 3rd cycle and secondary students, who produced, submitted and revised those works, aided by produced documentation and guided by teachers or other more experienced people. This research was designed according to the models of project management and management of information systems, along the lines of the development methodology that includes, at the evaluation stage of the process, a case study. Initially, the whole project was drawn up and specified. In the second stage, the system that supports the magazine was selected and installed, followed by the promotion and implementation of the project, and, in the last phase, by its development and evaluation. The data resulting from questionnaires, observation, system records and documentation indicate that there is a real space for this project, since the participation of schools was positive on what concerns the number of participants and the quantity and quality of submissions, and the electronic publishing system selected and used in other contexts can also be used in young editorial projects. This is notorious in the perception that through this publishing project fundamental learning takes place for the construction of a more knowledge-friendly society.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7632
Appears in Collections:TIC - TIC na Educação e Formação

Files in This Item:

File Description SizeFormat
a26552_luisalopes_final.pdf7,34 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE