Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Supervisão da Prática Pedagógica, Educação Infantil e Professores 1º Ciclo >
DSPP - Teses de Doutoramento >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7339

Título: Prática pedagógica e cidadania: uma interpretação crítica baseada na ideia de competência
Autor: Freire-Ribeiro, Ilda
Palavras-chave: Prática pedagógica
Cidadania
Formação de professores
Cidadania da criança
Issue Date: 2010
Editora: Universidade do Minho
Citação: Ribeiro, Ilda Freire (2010) - Prática pedagógica e cidadania: uma interpretação crítica baseada na ideia de competência. Braga: Universidade do Minho. Tese de Doutoramento no Ramo de Estudos da Criança (área do conhecimento em Formação de Professores)
Resumo: A problemática da cidadania continua a ser amplamente debatida na actualidade, devido em grande parte ao seu carácter reflexivo, às múltiplas visões de olhar o mundo e às rápidas mutações que perpassam as sociedades contemporâneas. Processadas a ritmos velocíssimos as mudanças societais reflectem-se em diversos contextos, nomeadamente no educativo. Lançam-se novos desafios e apelam-se a renovados reptos. Questões do foro humano e social começam a fazer cada vez mais sentido e as políticas educativas apontam directrizes que vão ao encontro dessas perspectivas. Ambiciona-se que no campo educativo a aprendizagem e a educação para a cidadania se convertam na principal prioridade do ensino básico. Ao considerar-se a escola como um espaço privilegiado para a formação de cidadãos é necessário que os professores reflictam sobre a sua prática pedagógica de forma a promover nas crianças competências de índole social, pessoal e ético, úteis para o pleno exercício da cidadania e para a participação na vida em sociedades plurais. Reitera-se que o professor comprometido com a aprendizagem da cidadania deve possuir essas competências procurando responder aos desafios emergentes. Nesta perspectiva, o professor constitui-se como um elemento fundamental para promover a cidadania em ambiente educativo, o que requer uma formação profissional fundamentada nos conteúdos da cidadania democrática. A presente investigação percorre os caminhos da cidadania na prática pedagógica. Pretende-se clarificar conceitos e discutir representações de cidadania, prática pedagógica e competência, aflorar de que modo é que o professor na sua prática diária promove a cidadania e contribuir para o debate sobre questões de cidadania. Privilegia-se um quadro paradigmático de investigação numa perspectiva interpretativa e adopta-se o uso de instrumentos qualitativos de recolha e análise da informação procedentes de entrevistas semi-estruturadas aos professores pertencentes a um determinado contexto de 1.º Ciclo do Ensino Básico e às crianças do 4.º ano de escolaridade da mesma escola. O trabalho de interpretação realizado permitiu descortinar representações e práticas de cidadania na prática pedagógica bem como reflexões e sentires dos participantes em temáticas como: competências profissionais, valores da sociedade, direitos das crianças e formação de professores. Os resultados permitiram evidenciar que os professores potenciam o desenvolvimento de competências de cidadania nas crianças pela via da cidadania, e na sua prática pedagógica procuram criar ambientes onde se vive realmente uma cidadania democrática e participativa. Os dados obtidos ainda sugerem que as crianças reconhecem a importância da cidadania para uma convivência saudável, identificam alguns dos seus direitos e reconhecem também que respeitar os seus direitos é um acto de cidadania. The issue of citizenship is still widely debated today, largely due to its reflective nature, the multiple visions of seeing the world and also due to the rapid changes that pervade contemporary society. Processed at a fast rhythm, societal changes are reflected on various contexts, namely on education. New challenges emerge and there is a constant call to renewed ones. Issues of human and social forum start making more and more sense and education policies suggest guidelines to meet these perspectives. In educational learning and citizenship education, one aspires for those issues to become a top priority of basic education. When considering the school as a privileged space for the training of citizens, it is necessary for teachers to reflect on their practice in order to promote the children's skills in social, personal and ethical ways, useful for the full exercise of citizenship and participation in life in plural societies. It must be recalled that the teacher who is committed to learning about citizenship shall have such powers seeking to respond to emerging challenges. In this perspective, the teacher constitutes a fundamental element to promote citizenship in the educational environment, which requires professional training based on the contents of democratic citizenship. The present research follows the trails of citizenship in the classroom. It hopes to clarify concepts and to discuss representations of citizenship, teaching practice and competence, how they cross over to the teachers in their daily practice, how it promotes citizenship and contributes to the debate on citizenship issues. The focus is a paradigmatic framework for research and here one adopts an interpretative perspective and the use of qualitative tools to collect and analyze information coming from semi-structured interviews to teachers belonging to a given context, the Primary School and children of 4th grade in the same school. The work of interpretation has allowed us to uncover representations and practices of citizenship in teaching practice as well as thoughts and feelings of the participants on topics such as: skills, values of society, the rights of children and teacher training. The results have highlighted that teachers facilitate the development of citizenship skills in children through citizenship, along their teaching experience, and seek to create environments where people live a truly democratic and participatory citizenship. The data also suggest that children recognize the importance of citizenship for a healthy relationship, identify some of their rights and also recognize that respecting their rights is also an act of citizenship. La problemática de la ciudadanía continúa siendo ampliamente debatida en la actualidad debido, en gran parte, a su carácter reflexivo, a las múltiples visiones de ver el mundo y a las rápidas transformaciones que impregnan las sociedades contemporáneas. Los cambios sociales ocurren a gran velocidad y se ven reflejados en diversos contextos, principalmente en el educativo. Se trata de nuevos desafíos que están llamados a ser retos. Las cuestiones del ser humano y del ser social comienzan a tener cada vez más sentido y las políticas educativas se dirigen al encuentro de esas perspectivas. Se pretende que el campo educativo del aprendizaje y de la educación para la ciudadanía se conviertan en la prioridad principal de la enseñanza básica. Al considerarse la escuela como un espacio privilegiado para la formación de ciudadanos, es necesario que los profesores lo reflejen en su práctica pedagógica de manera que promuevan en los menores competencias de índole social, personal y ético, útiles para el pleno ejercicio de la ciudadanía y para la participación en la vida en sociedades plurales. Insistimos que el profesor comprometido con el aprendizaje de la ciudadanía debe poseer esas competencias procurando responder a los desafíos emergentes. Desde esta perspectiva, el profesor se constituye como un elemento fundamental para promover la ciudadanía en el ambiente educativo, lo que requiere una formación profesional fundamentada en los contenidos de la ciudadanía democrática. La presente investigación recorre los caminos de la ciudadanía en la práctica pedagógica. Pretendemos esclarecer conceptos y discutir representaciones de ciudadanía, práctica pedagógica y competencia, abordar de qué modo el profesor promueve la ciudadanía en su práctica diaria y contribuir al debate sobre cuestiones de ciudadanía. Proporcionamos un cuadro paradigmático de investigación con perspectiva interpretativa y adoptamos el uso de instrumentos cualitativos de recogida y análisis de la información procedentes de entrevistas semiestructuradas a profesores pertenecientes a un determinado contexto, como es 1º Ciclo de Enseñanza Básica y niños de 4º año de Primaria. El trabajo de interpretación realizado permitió descubrir representaciones y prácticas de ciudadanía en la práctica pedagógica así como reflexiones e impresiones de los participantes en temáticas como: competencias profesionales, valores de la sociedad, derechos del menor y formación de profesores. Los resultados permitirán evidenciar que los profesores potencian el desarrollo de competencias de ciudadanía en los menores por la vía de la ciudadanía y, en su práctica pedagógica, procuran crear ambientes donde se vive realmente una ciudadanía democrática y participativa. Los datos obtenidos, además, sugieren que los menores reconocen la importancia de la ciudadanía para una convivencia saludable, identifican algunos de sus derechos y reconocen también que respetar sus derechos es un acto de ciudadanía.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7339
Versão do Editor: http://hdl.handle.net/1822/13818
Appears in Collections:DSPP - Teses de Doutoramento

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese doutoramento.pdf2,99 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE