Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Ciências de Enfermagem >
CE - Posters em Encontros Científicos Nacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/7248

Título: Declínio funcional cognitivo e hospitalização no idoso
Autor: Rodrigues, José Pedro
Mendes, Eugénia
Palavras-chave: Envelhecimento
Declínio funcional cognitivo
Hospitalização
Issue Date: 2012
Editora: Associação Portuguesa de Enfermeiros de Reabilitação
Citação: Rodrigues, José Pedro; Mendes, Eugénia (2012) - Declínio funcional cognitivo e hospitalização no idoso. In Reabilidades VI – Congresso de Enfermagem de Reabilitação 2012. Espinho
Resumo: O processo de envelhecimento é caracterizado pela presença de défices cognitivos que devem ser avaliados pormenorizadamente para compreender a sua gravidade e prevenir, impedindo a sua evolução para quadros mais graves e patológicos como a demência. A hospitalização contribui para uma maior debilidade/fragilidade do idoso, sendo considerada de grande risco para o declínio da aptidão física e da função cognitiva. Com o objectivo de perceber em que medida o declínio funcional cognitivo se acentua durante a hospitalização em doentes idosos e evidenciar a necessidade de cuidados especializados de Enfermagem de Reabilitação, desenhou-se um estudo exploratório, descritivo e correlacional. Utilizaram-se como instrumentos de avaliação a Medida de Independência Funcional e o Mini Mental State Examination. Foram avaliados em dois momentos, admissão e alta, 51 idosos (75,53±7,16 anos) internados num serviço de Medicina Interna, 53% dos quais eram mulheres. Para as medidas em análise (MIF, MIF subescala cognitiva e MMSE) foram encontradas diferenças estatisticamente significativas no sentido da diminuição das pontuações da admissão para a alta. Encontraram-se ainda correlações negativas em ambos os momentos entre a idade e a duração do internamento e as pontuações obtidas em todas as medidas. À exceção da MIF subescala cognitiva na admissão, todos os idosos residentes em casa própria ou de familiares obtiveram melhores resultados que os institucionalizados em todas as medidas e ambos os momentos de avaliação. Existem múltiplos factores de risco associados ao declínio funcional cognitivo nos idosos durante a hospitalização que podem ser minimizados ou evitados através de programas de Enfermagem de Reabilitação.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/7248
Versão do Editor: www.ordemenfermeiros.pt/.../ ...
Appears in Collections:CE - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Declínio funcional cognitivo e hospitalização no idoso.pdf356,51 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE