Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5827

Título: Idosos agricultores em Trás-os-Montes: análise da resposta à florestação das terras agrícolas no planalto mirandês
Autor: Nobre, Sílvia
Monteiro, Maria do Loreto
Portela, José
Palavras-chave: Florestação das terras agrícolas
Idosos agricultores em Trás-os-Montes
Issue Date: 2004
Editora: Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais
Citação: Nobre, Sílvia; Monteiro, Maria do Loreto; Portela, José (2004) – Idosos agricultores em Trás-os-Montes: análise da resposta à florestação das terras agrícolas no planalto mirandês. In II Congresso de Estudos Rurais. Angra do Heroísmo
Resumo: O envelhecimento da população é cada vez mais o pano de fundo das sociedades europeias e da portuguesa em particular. Em meio rural este fenómeno tem ainda maior expressão, dado o carácter deprimido das actividades económicas aí existentes, conduzindo a que parte importante da população activa se desloque para os centros urbanos. O meio rural é assim cada vez mais caracterizado por um tecido demográfico envelhecido. Na actividade agrícola igual tendência é identificada: em Trás-os-Montes, em particular, a par de uma diminuição das explorações agrícolas, os agricultores são proporcionalmente cada vez mais velhos, representando os indivíduos de mais 55 anos dois terços do total, em 1999 (RGA, 1999). A plantação de floresta configura uma ocupação do solo que poderá constituir-se como actividade com retorno apenas ao fim de muitos anos. Em Trás-os-Montes, as áreas de plantação florestal estão a aumentar, o que assume carácter paradoxal no contexto atrás descrito, de envelhecimento demográfico, ao qual se associa com frequência a ausência de sucessor na exploração agrícola. Partindo da análise de projectos de florestação de terras agrícolas no Planalto Mirandês, e verificando a importância das superfícies arborizadas por agricultores mais velhos, tentaremos uma explicação para esta aparente contradição. A abordagem visará avaliar, num primeiro momento, os contributos monetários que esta medida de política acarreta e, em seguida, ponderar a importância deste contributo quando comparado com outras fontes de rendimento de indivíduos que florestaram. Apontar-se-ão ainda outras linhas explicativas do fenómeno, que interessará explorar.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/5827
Appears in Collections:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Idosos agricultores em Trás-os-Montes.pdf19,45 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia