Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciências Sociais e Exactas >
CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5827

Título: Idosos agricultores em Trás-os-Montes: análise da resposta à florestação das terras agrícolas no planalto mirandês
Autor: Nobre, Sílvia
Monteiro, Maria do Loreto
Portela, José
Palavras-chave: Florestação das terras agrícolas
Idosos agricultores em Trás-os-Montes
Issue Date: 2004
Editora: Sociedade Portuguesa de Estudos Rurais
Citação: Nobre, Sílvia; Monteiro, Maria do Loreto; Portela, José (2004) – Idosos agricultores em Trás-os-Montes: análise da resposta à florestação das terras agrícolas no planalto mirandês. In II Congresso de Estudos Rurais. Angra do Heroísmo
Resumo: O envelhecimento da população é cada vez mais o pano de fundo das sociedades europeias e da portuguesa em particular. Em meio rural este fenómeno tem ainda maior expressão, dado o carácter deprimido das actividades económicas aí existentes, conduzindo a que parte importante da população activa se desloque para os centros urbanos. O meio rural é assim cada vez mais caracterizado por um tecido demográfico envelhecido. Na actividade agrícola igual tendência é identificada: em Trás-os-Montes, em particular, a par de uma diminuição das explorações agrícolas, os agricultores são proporcionalmente cada vez mais velhos, representando os indivíduos de mais 55 anos dois terços do total, em 1999 (RGA, 1999). A plantação de floresta configura uma ocupação do solo que poderá constituir-se como actividade com retorno apenas ao fim de muitos anos. Em Trás-os-Montes, as áreas de plantação florestal estão a aumentar, o que assume carácter paradoxal no contexto atrás descrito, de envelhecimento demográfico, ao qual se associa com frequência a ausência de sucessor na exploração agrícola. Partindo da análise de projectos de florestação de terras agrícolas no Planalto Mirandês, e verificando a importância das superfícies arborizadas por agricultores mais velhos, tentaremos uma explicação para esta aparente contradição. A abordagem visará avaliar, num primeiro momento, os contributos monetários que esta medida de política acarreta e, em seguida, ponderar a importância deste contributo quando comparado com outras fontes de rendimento de indivíduos que florestaram. Apontar-se-ão ainda outras linhas explicativas do fenómeno, que interessará explorar.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/5827
Appears in Collections:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Idosos agricultores em Trás-os-Montes.pdf19,45 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE