Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Ciências de Enfermagem >
CE - Posters em Encontros Científicos Internacionais >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5068

Título: Qualidade de vida em hemodiálise: SF-36
Autor: Anes, Eugénia
Palavras-chave: Qualidade de vida
Hemodiálise
SF-36 v2
Issue Date: 2008
Editora: Formasau
Citação: Anes, Eugénia (2008) - Qualidade de vida em hemodiálise: SF-36. In I Forum Internacional :Desafios em Enfermagem. Coimbra
Resumo: Bowling (1995), apresenta uma definição de qualidade de vida relacionada com a saúde, como sendo “o nível óptimo de funcionamento físico, mental, social e de desempenho, incluindo as relações (sociais), percepções da saúde, bom nível de condição física, satisfação com a vida e bem-estar”. A informação dos doentes, referente ao estado funcional, bem-estar e outros conceitos importantes de saúde, deverão ser rotineiramente colhidos de modo a completar lacunas na abordagem diagnostica e terapêutica dos doentes (Ware, 1991). Os objectivos da avaliação da saúde são medir a eficácia das intervenções, avaliar a qualidade dos cuidados de saúde, estimar as necessidades de uma população, melhorar as decisões clínicas e comparar causas e consequências das diferenças de saúde (Bowling, 1995). A insuficiência renal crónica é um doença intrusiva, que provoca drásticas alterações ao nível das actividades da vida diária, sendo uma das doenças mais exigentes. O tratamento, não só deve prolongar a vida do doente, mas também proporcionar um maior grau de reabilitação como uma óptima qualidade de vida. Torna-se assim fundamental a avaliação da qualidade de vida destes doentes, onde é indispensável a participação do enfermeiro. Pretendemos avaliar a percepção da Qualidade de vida relacionada com a saúde em doentes com insuficiência renal crónica em hemodiálise. Foi desenvolvido um estudo transversal e descritivo numa amostra de 154 pessoas com IRC, em hemodiálise, em 2007 – 75,12% da população. Utilizou-se o instrumento de medição Sf-36v2. É visível a relação dos factores sócio-demográficos e clínicos, nos índices de qualidade de vida relacionados com a saúde destes doentes. Verificando-se valores médios de qualidade de vida superiores nos doentes do sexo masculino, nos mais jovens, com maiores habilitações, com companheiro/a, trabalhadores activos, maiores rendimentos, com menos tempo de tratamento, sem outras doenças associadas e com um menor número de complicações. O tratamento da insuficiência renal crónica, não só deve prolongar a vida do doente, mas também proporcionar um maior grau de reabilitação com uma óptima qualidade de vida (Cuadrado, 2001). É imprescindível a introdução da avaliação da qualidade de vida como indicador positivo dos cuidados de saúde. Face à importância desta avaliação, ela deveria fazer parte integrante do processo clínico do doente. São os enfermeiros, os técnicos de eleição nesta abordagem, dado o tipo de relação que estabelecem com os doentes.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/5068
Versão do Editor: www.forumenfermagem.org/index.php?...i-forum-internacional-desafios... enfermagem...
Appears in Collections:CE - Posters em Encontros Científicos Internacionais

Files in This Item:

File Description SizeFormat
POSTER Qualidade de vida em hemodiálise SF-36 [Modo de Compatibilidade].pdf109,44 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia