Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Ciências de Enfermagem >
CE - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5040

Título: Percepção da qualidade de vida na insuficiência renal crónica
Autor: Anes, Eugénia
Castro, Florêncio Vicente de
Palavras-chave: Percepção da qualidade de vida
Insuficiência renal crónica
Qualidade de vida
Hemodiálise
Diálise peritoneal
Issue Date: 2010
Editora: INFAD
Citação: Anes, Eugénia; Castro, Florêncio Vicente de (2010) - Percepção da qualidade de vida na insuficiência renal crónica. In XVII Congreso Internacional Infad. Zamora
Resumo: Pretendemos descrever a percepção da qualidade de vida relacionada com a saúde em doentes com insuficiência renal crónica. O modelo de investigação adoptado, corresponde ao modelo não experimental, analítico e transversal, numa amostra de 263 pessoas com insuficiência renal crónica, que efectuavam tratamento dialítico no Nordeste Transmontano. A avaliação foi efectuada através de uma medida genérica de saúde o SF-36, á qual foram adicionadas questões clínicas e sociodemográficas. A maioria era do sexo masculino (58,9%), casados (64,3%), reformados ou pensionistas (86,7%), possuindo um nível de instrução básico ou inferior (96,7%). A idade dos respondentes variou entre os 18 e os 88 anos. O tipo de tratamento mais utilizado foi a hemodiálise (95,1%). O tempo de diálise destes doentes variou entre 8 dias e 25 anos. A maior parte dos doentes apresentou outras doenças e complicações associadas 56,7% e 98,85% respectivamente. Os resultados evidenciaram impacto das variáveis na percepção da Qualidade de vida, sendo esta relação estatisticamente significativa em todas as variáveis com excepção da situação familiar e do tempo de tratamento. É reconhecida a importância da avaliação da qualidade de vida relacionada com a saúde, como indicador de excelência dos cuidados de saúde, assim deve ser introduzida a sua avaliação como indicador positivo dos cuidados de saúde, através da percepção individual.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/5040
Versão do Editor: www.infad.eu/.../Programa%20mesas%20Congreso%20INFAD.pdf - Similares
Appears in Collections:CE - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Percepção da Qualidade de Vida na Insuficiência Renal Crónica pdf.pdf196,22 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE