Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/4283
Título: Abordagem autónoma do enfermeiro na dor
Autor: Azevedo, Ana
Maia, Isabel
Pedro, João
Ribeiro, Jorge
Barbosa, Marta
Palavras-chave: Dor
Intervenções não farmacologicas
Data: 2008
Editora: Instituto Superior de Saúde do Alto Ave
Citação: Azevedo, Ana; Maia, Isabel; Pedro, João; Ribeiro, Jorge; Barbosa, Marta (2008) - Abordagem autónoma do enfermeiro na dor. Revista Trimestral de Ciência e Investigação em Saúde. ISSN 1646-5226. 11, p. 68-65
Relatório da Série N.º: 11;
Resumo: A dor é um fenómeno complexo, uma realidade com um grau de abstracção e indefinição sujeita a constantes transformações, que pode interferir nas vertentes biofisiológicas, bioquímicas, psicossociais, comportamentais e morais das pessoas. É, portanto, difícil de definir. No entanto, esta dificuldade não deve, em momento algum, interferir na sua valorização, compreensão e, consequentemente, seu controlo. O controlo da dor é um desafio que deverá estar presente no dia-a-dia de qualquer profissional de saúde e que, «pode e deve ser tratada, com perspectivas de êxito proporcionais ao entendimento que dela temos e fazemos, à adequação e preparação científica dos serviçose profissionais de saúde envolvidos e ao manejo judicioso de todos os recursos, técnicos e humanos disponíveis» (Direcção Geral de Saúde, 2001).
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/4283
Aparece nas colecções:CE - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Artigo-Ser Saúde.pdf1,51 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.