Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Português >
DPO - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/4209

Título: A mundividência infantil na obra de Guerra Junqueiro
Autor: Guerreiro, Carla Alexandra do Espírito Santo
Issue Date: 2002
Editora: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Citação: Guerreiro, Carla Alexandra do Espírito Santo (2002) - A mundividência infantil na obra de Guerra Junqueiro. Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro
Resumo: O nosso trabalho de dissertação é um merecido tributo de homenagem a alguém que, pelo valor da sua obra literária, merece ser considerado um dos mais proeminentes escritores portugueses da segunda metade do século XIX, princípios do XX: Abílio Manuel Guerra Junqueiro. Espírito livre e indómito, este homem, transmontano, por nascimento, e cidadão do mundo, por natureza, ergueu sempre a sua voz para falar por e defender aqueles que não a tinham, os simples: crianças e povo. Paladino da defesa da instrução e da educação na infância como panaceia dos males estruturais de que Portugal padecia, ele fez da sua obra, uma arma de arremesso que usou, habilmente, contra a ignorância, a opressão e o abandono dos mais pequeninos e é precisamente esta faceta da sua criação literária que o nosso trabalho pretende evidenciar. Visamos, com o presente estudo, atingir quatro objectivos fundamentais: primeiro, reflectir sobre aspectos que consideramos essenciais a ter em conta na apreciação de qualquer obra literária, tais como: a institucionalização da Literatura, o texto literário como cosmovisão, o Cânone literário e a questão da Ideologia; segundo, apresentar os aspectos mais relevantes da bio-bibliografia de Junqueiro; terceiro, estudar as principais temáticas presentes na sua produção escrita, particularmente a relativa à Criança e, por último, queremos mostrar como um determinado período histórico português, o Estado Novo, fez o aproveitamento da obra junqueiriana. As conclusões possíveis a que chegarmos serão apresentadas num último capítulo do presente trabalho.
URI: http://hdl.handle.net/10198/4209
Appears in Collections:DPO - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
tese de mestrado - Versão definitiva.pdf1,12 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE