Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Departamento de Ciências do Desporto e Educação Física >
DCDEF - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/4034

Título: Análise longitudinal da performance em natação pura desportiva: abordagem exploratória
Autor: Costa, M.J.
Bragada, José A.
Marinho, D.A.
Reis, V.M.
Silva, A.J.
Barbosa, Tiago M.
Issue Date: 2009
Editora: Associação Portuguesa de Técnicos de Natação
Citação: Costa, M.J.; Bragada, José A.; Marinho, D.A.; Reis, V.M.; Silva, A.J.; Barbosa, Tiago M. (2009) - Análise longitudinal da performance em natação pura desportiva: abordagem exploratória. In Actas do 32º Congresso Técnico-Científico da Associação Portuguesa de Técnicos de Natação. Rio Maior: Associação Portuguesa de Técnicos de Natação. ISBN 978-989-962180-0-0
Resumo: O estudo teve como objectivo analisar a estabilidade da performance na prova de 400m livres ao longo da carreira desportiva. Foram analisados 45 nadadores masculinos, durante sete épocas consecutivas (desde a categoria de Infantil B até Sénior). A performance foi analisada com recurso ao melhor tempo em cada categoria na prova de 400m Livres em piscina curta. Foi efectuada a análise da estabilidade das médias, pela observação dos quartis ao longo da carreira desportiva, assim como a tendência central (média) e respectiva dispersão (um desvio-padrão). Foi ainda analisada a variação entre valores médios com recurso à ANOVA medidas repetidas e respectivo post-hoc teste (Bonferroni). Analisou-se ainda a estabilidade normativa pela auto-correlação entre as sete categorias (Pearson). Foi calculado o Kappa de Cohen (K) com um intervalo de confiança de 95%. Para todos os procedimentos estatísticos foi utilizado o programa informático SPSS 13,0 à excepção do K, o qual foi calculado através do programa estatístico Longitudinal Data Analysis. Foram verificadas diferenças significativas entre os valores médios de performance entre todas as categorias. Os valores de auto-correlação variaram entre o moderado e o elevado ao longo da carreira desportiva. Constata-se que na passagem de Juvenil B para A, a estabilidade torna-se elevada (>0,60). O valor de K, expressando a estabilidade ao longo de toda a carreira desportiva, é baixo (K = 0.327 ± 0,046). Em síntese, a predição do nível competitivo na categoria sénior com base na performance nas categorias de formação é reduzido. Todavia, a passagem de Juvenil B para A parece ser um momento marcante, onde a capacidade preditiva aumenta de forma acentuada.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4034
ISBN: 978-989-962180-0-0
Appears in Collections:DCDEF - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Costa MJ.pdf199,95 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE