Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3984
Título: Subsídios, margens e incertezas dos criadores da raça Mirandesa
Autor: Fragata, António
Sousa, Fernando Ruivo de
Rodrigues, Luísa
Palavras-chave: Raça Mirandesa
Subsídios
DOP Carne Mirandesa
Data: 2002
Editora: Estação Agronómica Nacional
Citação: Fragata, António; Sousa, Fernando; Rodrigues, Luisa (2002) - Subsídios, margens e incertezas dos criadores da raça Mirandesa. Agronomia Lusitana. ISSN 0002-1911. 50:3-4, p. 183-189
Relatório da Série N.º: 50;
Resumo: Estudos anteriores validam a tipologia dos criadores da raça bovina Mirandesa usada no presente trabalho. Com base nesta tipologia foram seguidas seis explorações-tipo, durante três anos, de modo a obter as receitas e despesas e a analisar o seu funcionamento económico. Os vários subsídios recebidos têm elevado peso na formação do produto bruto das explorações, em particular no caso dos pequenos criadores reformados e a tempo parcial. As margens brutas obtidas com a actividade "vitelo mirandês" são elevadas em razão do alto preço pago ao produtor pela carne Mirandesa com DOP. O elevado preço desta carne é arrastado para a actividade "vitelo charolês", que com maior capacidade produtiva e produzido em condições semelhantes, oferece ao criador maior margem bruta do que o vitelo "Mirandês". Em consequência, foram constatadas algumas incertezas em relação ao futuro da raça Mirandesa
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3984
Aparece nas colecções:CA - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Agron. Lusitana 50 (3-4)- 183-189, 2002.pdf1,95 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.