Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Biologia e Biotecnologia >
BB - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3388

Título: Carbono e azoto da biomassa microbiana do solo em pastagens melhoradas
Autor: Pereira, Ermelinda
Arrobas, Margarida
Rodrigues, M.A.
Aguiar, Carlos
Palavras-chave: Biomassa microbiana
Carbono
Azoto
Pastagens
Issue Date: 2010
Editora: SPPF
Citação: Pereira, Ermelinda; Arrobas, Margarida; Rodrigues, Manuel Ângelo; Aguiar, Carlos (2010) - Carbono e azoto da biomassa microbiana do solo em pastagens melhoradas. In IV Reunião Ibérica de Pastagens e Forragens. Zamora, Miranda do Douro
Resumo: A biomassa microbiana representa a componente viva da matéria orgânica do solo, excluindo a macrofauna e as raízes das plantas, representando em alguns ecossistemas cerca de 1 a 5% e 1 a 6% do carbono (C) e azoto (N) orgânico total do solo, respectivamente. Mudanças significativas nos teores de C e N da biomassa microbiana e na sua actividade poderão fornecer evidências de modificações no solo, muitas vezes não detectadas por indicadores de natureza física ou química. De forma a compreender modificações nos teores de C e N do solo em pastagens permanentes semeadas biodiversas ricas em leguminosas (PBRL), procedeu-se à avaliação de C e N da biomassa microbiana, por comparação com uma pastagem natural adjacente. A PBRL foi instalada em 2007 na região Centro de Portugal (Quinta de França - Covilhã). A recolha de amostras de solo para a determinação da biomassa microbiana foi realizada na profundidade de 0-10 cm. A avaliação do C e N da biomassa microbiana (CBM) foi efectuada pelo método de fumigação-extracção. O C e N das amostras fumigadas e não fumigadas foram extraídos por agitação com uma solução de K2SO4 0,5 M na proporção de solo:solução de 1:4 e os extractos foram posteriormente analisados. Quando comparados os valores de C e N obtidos nas pastagens melhoradas e nas pastagens naturais, constatou-se a inexistência de alterações significativas entre os dois tipos de ocupação do solo.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3388
Appears in Collections:BB - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
C E N biomassa microbiana.pdf467,58 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia