Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Ciências da Vida e Saúde Pública >
CVSP - Capítulos em Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3344

Título: Vigilância epidemiológica em doenças crónicas não transmissíveis
Autor: Correia, Teresa
Palavras-chave: Vigilância epidemiológica
Doenças crónicas não transmissíveis
Indicadores
Fontes de informação
Issue Date: 2010
Editora: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano
Citação: Correia, T.I.G. (2010) - Vigilância epidemiológica em doenças crónicas não transmissíveis. In Lopes, Vitor P. [et al.] Promoção da saúde e actividade física: contributos para o desenvolvimento humano. Vila Real: UTAD, Centro de Investigação em Desporto, Saúde e Desenvolvimento Humano. p. 183-193. ISBN 978-972-669-969-9
Resumo: O conceito de vigilância epidemiológica para as doenças crónicas não transmissíveis ainda não é consensual, não estando para já completamente estabelecidos os procedimentos relacionados com esta actividade de Saúde Pública. Entre os principais factores de risco para o desenvolvimento destas patologias estão: o sedentarismo, a obesidade, a hipertensão, colesterol elevado, o tabagismo e o consumo alimentar. É necessária uma vigilância epidemiológica efectiva destas doenças. O objectivo desta comunicação é reflectir sobre o processo, ainda recente, de desenvolvimento da vigilância das doenças não transmissíveis. Metodologia: Procedeu-se a uma revisão da literatura existente nacional e internacional. Procurou-se prioritariamente as bases de dados relativamente às doenças crónicas de declaração não obrigatória em geral e mais em particular à possível existência de bases específicas da vigilância das doenças crónicas não transmissíveis. Resultados: Os resultados permitem reflectir sobre dados nacionais e internacionais relativamente às metas estabelecidas pelo Plano Nacional de Saúde de 2004-2010. Alguns dos resultados aproximaram-se das metas, no entanto ainda há muito para fazer nomeadamente em relação à obesidade e aos estilos de vida dos mais jovens. Conclusões: São necessárias estratégias combinadas que permitam a implementação de um sistema de vigilância epidemiológica destas doenças, mais abrangente e concentrado especificamente nesse objectivo.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3344
Appears in Collections:CVSP - Capítulos em Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Vigilância.pdf948,8 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia