Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Economia e Gestão >
DEG - Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/1955

Título: O balanced scorecard aplicado à administração pública
Autor: Ribeiro, Nuno A.
Nogueira, Sónia P.
Carvalho, João Baptista da Costa
Gomes, Agostinha P.
Palavras-chave: Balanced scorecard
Gestão estratégica
Administração pública
Issue Date: 2007
Editora: Publisher Team
Citação: Ribeiro, Nuno A.; Nogueira, Sónia P.; Carvalho, João Baptista da Costa; Gomes, Agostinha P. (2007) - O balanced scorecard aplicado à administração pública. Lisboa: Publisher Team. ISBN 978-989-601-050-8
Resumo: A modernização da Administração Pública e a melhoria dos índices de eficiência, eficácia e economia são objectivos que se têm colocado à generalidade dos países desenvolvidos nos últimos anos. Com as iniciativas introduzidas pela New Public Management, defende-se a adopção de mecanismos de mercado no sector público, maior transparência das contas públicas, maior responsabilização, maior qualidade nos serviços prestados, com uma gestão de recursos mais eficiente (value for money). A implementação deste novo modelo de gestão pública exige uma mudança nos sistemas de informação contabilística existentes que devem priveligiar a informação estratégica, fundamental ao processo de tomada de decisão. Assim, com a modernização da gestão pública, assiste-se à necessidade de um sistema de informação que integre, para além da contabilidade orçamental e financeira, a contabilidade de gestão. O Balanced Scorecard, apesar de inicialmente ter sido desenvolvido para avaliar o desempenho de organizações com fins lucrativos, revelou-se um instrumento dinâmico e flexível, com utilidade para as organizações onde o lucro não constitui o principal objectivo. A sua aplicação ao sector público começa a ser significativa, essencialmente no contexto internacional, onde a implementação e a comunicação da estratégia, em todos os níveis organizacionais, se revela fudamental. A aplicabilidade do Balanced Scorecard às organizações públicas é defendida por vários autores, desde que a sua implementação se adapte à realidade concreta de cada instituição, sendo necessário, por vezes, alterar o modelo original de Kaplan e Norton. Dada a importância e a utilidade do Balanced Scorecard para o sector público, este livro revela-se pertinente e actual, tendo como objectivos colmatar a falta de literatura existente sobre a aplicabilidade do Balanced Scorecard na Administração Pública e, por outro lado, proporcionar um instrumento de trabalho útil para os profissionais que desejam implementar o Balanced Scorecard, ou um modelo com caracteríticas semelhantes, na gestão da sua organização. Deste modo, o livro apresentado revela-se útil quer para profissionais quer para académicos que têm interesse no estudo da Administração Pública. Face aos objectivos propostos, este livro apresenta-se estruturado em seis capítulos. Num primeiro capítulo é feita a abordagem acerca dos princípios e das características do modelo da New Public Management e das reformas que têm sido introduzidas em Portugal. O segundo capítulo introduz a necessidade de um novo sistema de informação contabilística para as organizações públicas, face à mudança nas características, objectivos e utilizadores da contabilidade pública; é ainda analisada a reforma do sistema de contabilidade pública em Portugal. Segue-se o terceiro capítulo onde se analisa a importância e a justificação da contabilidade gestão no sector público, bem como as novas técnicas e práticas contabilísticas que têm sido implementadas nas organizações públicas. No quarto capítulo é feito o enquadramento teórico do Balanced Scorecard, desde a caracterização do modelo original desenvolvido por Kaplan e Norton, as perspectivas de desempenho utilizadas, a importância da definição das relações de causa-efeito e as dificuldades no desenvolvimento deste modelo. O quinto capítulo aborda a aplicabilidade do Balanced Scorecard à realidade da Administração Pública, as alterações ao modelo original, as dificuldades na definição da estratégia, bem como a metodologia a seguir na implementação do modelo. Por último, no sexto capítulo são apresentados alguns exemplos de organizações públicas onde o Balanced Scorecard está a ser utilizado como instrumento de gestão estratégica; os casos apresentados abordam diferentes tipos de organizações, como organizações policiais, hospitais, municípios e instituições de ensino superior.
URI: http://hdl.handle.net/10198/1955
ISBN: 978-989-601-050-8
Versão do Editor: www.publisherteam.com
Appears in Collections:DEG - Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
balanc-scor-aplic.pdf40,77 MBAdobe PDFView/Open
Restrict Access. You can request a copy!
balanc-scor-resumo.pdf820,36 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia