Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/15981
Título: Maneio reprodutivo em ovinos e caprinos 6. Flushing Alimentar
Autor: Valentim, Ramiro
Rodrigues, Isilda
Sacoto, Sandra
Azevedo, Jorge
Gomes, Maria José Marques
Palavras-chave: "Flushing" em ovinos e caprinos
Data: 2016
Citação: Valentim, Ramiro; Rodrigues, Isilda; Sacoto, Sandra; Azevedo, Jorge; Gomes, Maria José Marques (2016) - Maneio Reprodutivo em ovinos e caprinos 6. Flushing Alimentar. Agrotec. ISSN 2182-4401. 19, p. 12-15
Resumo: Ao longo do processo evolutivo, os animais desenvolveram mecanismos que lhes permitem, em períodos de escassez de alimentos, direcionar os nutrientes para a manutenção de funções fisiológicas essenciais à vida, em detrimento de outras que não contribuem, no imediato, para a sua sobrevivência (caso da atividade reprodutiva) (l). A sazonalidade reprodutiva, sendo uma consequência destes mecanismos (2), garante que a maioria dos animais se reproduz em uma época específica do ano, para que os partos coincidam com o momento do ano em que as disponibilidades naturais de alimentos e as condições climatéricas são mais favoráveis ao crescimento fetal final e à lactação (2-7), aumentando a probabilidade de sobrevivência das progenitoras e das crias (2, 5, 7). No entanto, esta sincronia endógena pode, em sistemas comerciais de produção, não coincidir com o início da época de cobricão desejada pelo criador. Nos pequenos ruminantes domésticos (ovinos e caprinos), a sazonalidade reprodutiva varia em função da latitude, sendo reduzida nas regiões tropicais e elevada nas regiões mais meridionais e setentrionais (4, 5, 7). Nas regiões temperadas, o fotoperíodo é o principai fator exógeno regulador da sazonalidade (atividade) reprodutiva (3-6, 8) modelando-a diretamente - através do sistema neuroendócrino - e indiretamente - através da disponibilidade natural de alimento (3). Nestas regiões, a nutrição é provavelmente o mais importante regulador secundário da atividade reprodutiva (6, 8), capaz de modelar a ação do fotoperíodo (6). Já nas regiões tropicais, a sazonalidade da disponibilidade natural de alimentos e o clima são os principais fatores exógenos reguladores da atividade reprodutiva (4, 5, 7).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/15981
ISSN: 2182-4401
Aparece nas colecções:CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Agrotec 2016-1.pdf720,12 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.