Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/10824
Título: Projeto BIOPAST: o que aprendemos sobre a ecologia das pastagens permanentes semeadas ricas em leguminosas (PPSRL)?
Autor: Aguiar, Carlos
Rodrigues, M.A.
Fernández-Núñez, E.
Domingos, Tiago
Pires, Jaime
Palavras-chave: Ecologia de pastagens
Pastagens semeadas
Leguminosas
Gramíneas
Trevo-subterrâneo
Data: 2012
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Aguiar, Carlos; Rodrigues, M.A.; Fernández-Núñez, E.; Domingos, Tiago; Pires, Jaime (2012). Projeto BIOPAST: o que aprendemos sobre a ecologia das pastagens permanentes semeadas ricas em leguminosas (PPSRL)?. In Fórum CIMO – Ciência e Desenvolvimento 2012. Bragança
Resumo: As Pastagens Permanentes Semeadas Ricas em Leguminosas (PPSRL) foram desenvolvidas na década de 1970 pelo agrónomo português David Crespo. Este sistema de pastagens caracteriza-se pela mistura de um elevado número de espécies e cultivares pratenses, geralmente com uma predominância de Trifolium subterraneum. Duas causas explicam a sua franca expansão na última década em Portugal: elevada produtividade frente às pastagens semi-naturais (PSN); os apoios que lhe são atribuídos no âmbito do Fundo Português de Carbono. O projeto BIOPAST surgiu de uma colaboração entre o CIMO/ESAB e o Instituto Superior Técnico, e teve como principal objetivo explorar as causas da superioridade agronómica das PPSLR.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/10824
Aparece nas colecções:CIMO - Resumos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
FórumCIMO2012BIOPAST.pdf87,44 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.