Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Repositorium de Cultura Regional >
Documentação Diversa >
Relatórios de Licenciatura >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/997

Título: Produção e caracterização de um antissoro policlonal para detecção de ds-RNA
Autor: Rodrigues, Paula
Palavras-chave: dsRNA
Antissoro policlonal
Issue Date: 1998
Editora: UTAD
Citação: Rodrigues, Paula - Produção e caracterização de um antissoro policlonal para detecção de ds-RNA. Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro, 1998. Licenciatura em Engenharia Agrícola
Resumo: Os fitopatologistas têm feito um uso cada vez maior dos métodos serológicos na detecção e caracterização de fitopatogénios, por se tratar de técnicas rápidas, práticas e de elevada sensibilidade, que se podem adaptar às necessidades. De entre estes testes, as várias adaptações do ELISA (enzyme-linked immunosorbent assay) são, actualmente, os métodos mais divulgados, uma vez que permitem testar um elevado número de amostras num curto espaço de tempo e a preço moderado. A maioria dos vírus fitopatogénicos tem genoma de ss-RNA (ácido ribonucleico monocatenário) que, durante o processo replicativo, no interior das células do hospedeiro, dá origem a uma forma replicativa de ds-RNA (ácido ribonucleico bicatenário). Considerando que as plantas não infectadas não contêm quantidades detectáveis de ds-RNA, a sua presença em extractos vegetais é uma forte indicação de infecção viral. O presente trabalho desenvolveu-se no sentido de produzir um antissoro policlonal para um polinucleótido sintético bicatenário [poli(I):poli(C)] para detecção de ds-RNA. O antissoro foi caracterizado através de várias técnicas serológicas (ELISA-indirecto em placa de poliestireno, ELISA-indirecto em membrana de nitrocelulose e teste de difusão dupla em agar). O teste ELISA-indirecto em placa revelou ser mais sensível e prático do que o respectivo teste em membrana de nitrocelulose, tanto na detecção de poli(I):poli(C) como de ds-RNA purificado. Ambos se mostraram, no entanto, incapazes de detectar ds-RNA a partir de extractos aquosos de videira, o que dificulta o processo de detecção, uma vez que a extracção de ds-RNA de material vegetal é morosa e de baixo rendimento.
URI: http://hdl.handle.net/10198/997
Appears in Collections:Relatórios de Licenciatura

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Relat&Teses.pdf653,07 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia