Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
CIMO >
CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/873

Título: Parasitismo associado a Saissetia oleae (Oliv.) em Trás-os-Montes.
Autor: Pereira, J.A.
Torres, L.
Cabanas, J.E.
Bento, Albino
Palavras-chave: Oliveira
Saissetia oleae
Limitação natural
Parasitóides
Metaphycus spp.
Issue Date: 1998
Editora: Sociedade de Ciências Agrárias de Portugal
Citação: Pereira, J.A.; Torres, L.; Cabanas, J.E.; Bento, Albino (1998) - Parasitismo associado a Saissetia oleae (Oliv.) em Trás-os-Montes. Revista de Ciências Agrárias. ISSN 0871-018X. 21:1-4 (1998) p. 237-244
Resumo: Neste trabalho apresentam-se dados preliminares de um estudo tendo por objectivo avaliar a importância dos parasitóides na limitação populacional da cochonilha negra, Saissetia oleae (aliv.) (Homoptera: Coccidae), em Trás-as-Montes. Os resultados apresentados referem-se a 1997 e foram obtidos mediante a realização de três amostragens repartidas pelo fim do Verão início de Outono. Cada amostragem incidiu em 40 olivais seleccionados aleatoriamente na região em estudo. Em cada olival obteve-se uma amostra de dez fragmentos de ramo, provenientes de cinco árvores seleccionadas aleatoriamente, a partir da qual se constituiu uma sub-amostra de 100 folhas por olival. O número de exemplares de S. oleae da amostra, foi registado e agrupado por estado de desenvolvimento. Estes exemplares foram depois mantidos em laboratório para permitir o desenvolvimento de eventuais parasitóides. Os níveis de parasitismo registados foram baixos, atingindo apenas entre 0,5 e 9,5% dos exemplares examinados. Contudo, na amostragem de Outono, cerca de 40% das fêmeas adultas estavam parasitadas, principalmente por espécies do género Metaphycus. No contexto apresentado, justifica-se um mais completo esclarecimento do papel desempenhado por estes auxiliares na dinâmica populacional da praga.
This paper presents the first results of a study on the action of parasitoids of Saisseria oleae (Oliv.) (Homoptera: Coccidae) in Trás-os-Montes. At three different dates, samples of ten small branches were collected from five trees in each of 40 olive groves randomly selected in the region. From the material collected on each grove, a sample of 100 leaves was selected at random and inspected thoroughly. The individuals found on the sample were counted, distinguishing the various stages of development. Scales were kept in the laboratory for parasitoid emergence. Parasitization rates were low and ranged from 0,5 to 9,5%. However, about 40,0% of adult females of S. oleae were found to be attacked in the autumn, mainly by species belonging to the genus Metaphycus. So, it is concluded that the obtained results, does not minimize the possibility that parasitoids plays an considerable role on the regulation of S. oleae populations in Trás-os-Montes.
URI: http://hdl.handle.net/10198/873
ISSN: 0871-018X
Appears in Collections:CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI
PTV - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
1.pdf3,41 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE