Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
EPE - Educação Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6818

Título: Prática de ensino supervisionada em Educação Pré-Escolar
Autor: Rinaldi, Ilda Maria dos Santos Ferreira
Orientador: Sanches, Angelina
Palavras-chave: Educação pré-escolar
Jogo simbólico/faz-de-conta
Identificação de estereótipos de género
Issue Date: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Rinaldi, Ilda Maria dos Santos Ferreira (2011) - Prática de ensino supervisionada em Educação Pré-Escolar. Bragança: Escola Superior de Educação. Dissertação de Mestrado em Educação Pré-Escolar
Resumo: O presente relatório enquadra-se no âmbito da prática de ensino supervisionada em educação pré-escolar e nele pretendemos aprofundar a reflexão sobre a acção educativa que desenvolvemos num jardim-de-infância situado em contexto urbano. O trabalho foi orientado segundo uma metodologia de investigação-acção, valorizando a acção educativa e investigativa na procura de resposta para as questões colocadas pela prática profissional e a (re)construção de saberes sobre a mesma. Procurámos fundamentar a acção educativa numa perspectiva pedagógica de natureza socioconstrutivista e favorecer o desenvolvimento das diferentes áreas de conteúdo numa perspectiva integrada, atribuindo particular atenção à importância que nesse processo poderia assumir o jogo simbólico ou de faz-de-conta. Assim, a componente investigativa integrou como principal objectivo identificar os papéis sociais representados pelas crianças durante o jogo de faz-de-conta e estratégias de (re)organização do espaço para favorecer o desenvolvimento de experiências lúdicas que as ajudem a construir modos de pensar e agir orientados por princípios de equidade. Pretendemos, portanto, compreender se as crianças manifestam possuir estereótipos relativamente às questões de género e em que medida os revelam enquanto representam papéis sociais no quotidiano pré-escolar. O estudo evidencia a necessidade de ser dada uma melhor atenção e valorização aos tempos de aprendizagem lúdica, como são exemplo as actividades de expressão dramática ou de jogo simbólico, no sentido de serem promovidas experiências que favoreçam a construção e desenvolvimento de representações sociais não estereotipadas. Releva-se o importante papel que o educador pode assumir na organização de um ambiente educativo que favoreça a construção de modos pensar coerentes com princípios de integração e de efectiva igualdade de oportunidades para todos. The present report fits in the scope of the supervised educational practice in preschool education and aims to deepen our reflection on the educational action we develop in an urban context kindergarten. The work was developed following an action research methodology, having valued the educative and investigative action in the quest to answering the questions raised by the professional practice and the (re)construction of its own knowledge. We have tried to base the educational action on a pedagogical perspective of social constructivist nature and to favour the development of the different areas of content in an integrated perspective, giving particular attention to the importance that the symbolic game or the one of make-believe could assume in this process. Thus, the investigative component has aimed to identify the social roles represented by the children during the make-believe game and the options in space organization so that they can develop playful experiences that help them build ways of thinking and acting guided by equity principles. Our intention is, therefore, to understand whether the children reveal to possess gender stereotypes and how they show them when assuming social roles in their daily school routine. The study evidences the need for a more accurate attention and importance given to the playful learning time, which includes dramatic expression or symbolic game activities, in order to promote experiences that favour the construction and development of non-stereotyped social representations. The fundamental role of the educator is pointed out as the one responsible for the organization of an educational environment that values the development of thinking coherent with the principles of integration and effective equality of opportunities for all.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6818
Appears in Collections:EPE - Educação Pré-Escolar e 1º Ciclo do Ensino Básico

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Relatório Corrigido entrega.pdf2,53 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE