Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Mecânica Aplicada >
DMA - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6426

Título: A Influência da espessura cortical na avaliação da resistência femoral
Autor: Fonseca, E.M.M.
Barreira, Luísa
Dinis, Jairson C.
Palavras-chave: Biomecânica
Resistência
Rigidez
Elementos Finitos
Issue Date: 2011
Editora: Tipografia Nunes Lda
Citação: Fonseca, E.M.M.; L. Barreira; Dinis, J.C. (2011) - A Influência da espessura cortical na avaliação da resistência femoral. In X Congresso Ibero-Americano em Engenharia Mecânica CIBEM10. Porto.
Resumo: O comportamento biomecânico do osso e a avaliação da sua resistência dependem das características estruturais e geométricas da espessura cortical [1]. De acordo com estudos efectuados, a fractura do colo do fémur pode ocorrer no osso cortical sob efeito de esforços à tracção [2, 3]. Para além disso, a espessura do osso cortical não é uniforme e varia de acordo com a idade do indivíduo. É objectivo deste trabalho verificar a influência da variação da espessura cortical na resistência biomecânica de modelos de diferentes fémures. Recorrendo ao tratamento e estudo de imagens médicas, obtidas por tomografia computorizada, torna-se possível a utilização de técnicas avançadas de engenharia para a medição e a determinação da espessura cortical em diferentes modelos anatómicos. Essa avaliação pode ser efectuada com recurso a programas de tratamento de imagem e a técnicas de processamento para a obtenção de modelos protótipos. Estas duas técnicas permitirão registar valores da espessura cortical em diferentes zonas anatómicas nos modelos em estudo. A avaliação da resistência femoral será efectuada com o recurso à técnica de elementos finitos, onde cada modelo em estudo será analisado para condições de carregamento idênticas. A metodologia proposta neste trabalho permitirá aferir as zonas mais susceptíveis à falha mecânica nos diferentes modelos de fémures, verificando em simultâneo a influência da espessura do osso cortical medida. O estudo proposto incide na análise de quatro imagens médicas de fémures do género feminino com idades próximas (40, 41, 52 e 53 anos).
URI: http://hdl.handle.net/10198/6426
ISBN: 978-989-96276-2-8
Appears in Collections:DMA - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
ACI23.pdf2,16 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE