Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6187
Title: Contributo para a caracterização do sistema de lipases em Yarrowia Lipolytica
Author: Choupina, Altino
Keywords: Lipase
Yarrowia sp.
Activity
Cloning
YILIP1
YILIP3
Defense Date: 2001
Publisher: Universidade Técnica de Lisboa
Citation: Choupina, Altino (2001) - Contributo para a caracterização do sistema de lipases em Yarrowia Lipolytica. Lisboa: UTL. Tese de Doutoramento em Biotecnologia
Abstract: De entre as espécies de leveduras, Yarrowia lipolytica é uma das maiores produtoras de proteínas extracelulares (proteases ácidas neutras e alcalinas, fosfatase ácida, ribonucleases e lipases). As lipases (triacilglicerol hidrolases) são enzimas importantes no metabolismo das gorduras, catalizando a ruptura dos triacilgliceróis em ácidos gordos livres e glicerol. Para além da baixa solubilidade dos seus substratos naturais, esta hidrólise é catalizada na interface entre um substrato insolúvel e a fase aquosa na qual a enzima está solubilizada. Este aspecto distingue-as das esterases , as quais catalizam preferencialmente a hidrólise de ésteres solúveis em água. As lipases constituem um grupo ubíquo de enzimas capazes de catalizarem diversas reacções, muitas das quais de interesse industrial ( hidrólise estereo-selectiva, trans-esterificação, etc.). Neste trabalho, descreve-se a clonagem molecular e a caracterização de um gene de Yarrowia lipolytica, que codifica para uma proteína com actividade lipásica, bem como a caracterização fenotípica de outro gene que codifica para uma proteína com o mesmo tipo de actividade. As sequências completas de DNA destes genes codificam para duas proteínas de 486 e 498 aminoácidos . As sequências de DNA deduzidas apresentam homologia com lipases de outros fungos (Candida cylindracea e Geothrichum candidum) possuindo em comum a sequência do sítio de activação interfacial. As lipases de Yarrowia lipolytica possuem sítios potenciais de N-glicosilação e regiões reguladoras de ORE (oleate response element) nos promotores de ambos os genes. Estas proteínas não apresentam um sinal peptídico claro. A interrupção dos genes Y/L/P1 e Y/L/P3 produz uma diminuição da actividade lipásica em meios com azeite comparativamente com a estirpe selvagem.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6187
Publisher Version: http://berg.ist.utl.pt/theses/achoupina-PhD.html
Appears in Collections:BB - Teses de Doutoramento

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese doutoramento Altino.pdf48,74 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.