Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
EC - Ensino das Ciências >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6155

Título: Educação alimentar na formação de adultos: contributo para a educação/ promoção da saúde
Autor: Augusto, Aurinda Lucília Pires Rodrigues
Orientador: Rodrigues, Maria José
Issue Date: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Augusto, Aurinda Lucília Pires Rodrigues (2011) - Educação alimentar na formação de adultos: contributo para a educação/ promoção da saúde. Bragança: ESE. Relatório de Estágio para obtenção do Grau de Mestre em Ensino das Ciências
Resumo: A saúde é entendida como um recurso para a vida, não depende exclusivamente do sector da saúde, mas de todos em geral e de cada um em particular. Exige a adopção de estilos de vida saudáveis para se atingir o bem-estar pleno. Actualmente, as alterações dos estilos de vida, os novos hábitos alimentares e de consumo começam a repercutir-se em problemas graves de saúde pública. A saúde é também um aspecto cultural, com um objectivo social, sendo da responsabilidade de todos nós. Nesta perspectiva, todos os espaços e tempos são profícuos para a promoção de estilos de vida saudáveis, sendo a escola um dos locais de excelência, que pode e deve fomentar a promoção da saúde individual e colectiva. A alimentação para além de ser uma necessidade fundamental do ser humano, é um dos elementos do estilo de vida mais determinante no estado de saúde das pessoas. Como tal, é de extrema importância conhecer os hábitos alimentares das populações, a fim de se poder agir, em caso de graves erros alimentares. Tomando em atenção o referido anteriormente, o presente estudo teve como objectivos principais: conhecer os hábitos alimentares dos alunos, elaborar recursos didácticos adequados, contribuir para a promoção de uma alimentação saudável e aumento dos níveis de literacia. A investigação recorreu a uma metodologia de natureza essencialmente qualitativa, envolveu todos os alunos (40) que frequentavam os cursos do 1º Ciclo de Educação de Adultos no concelho de Vinhais, distribuídos por três turmas, que responderam a um questionário de resposta directa e anónima. A análise dos resultados permitiu inferir que os referidos alunos apresentam alguns hábitos alimentares e concepções sobre alimentação saudável incorrectos. Face aos resultados obtidos foram elaborados recursos didácticos adequados a este nível de ensino, para orientar actividades e procedimentos no sentido de alterar os hábitos nocivos, melhorar a saúde e aumentar a literacia numa perspectiva de aprendizagem ao longo da vida e ao exercício de uma cidadania activa e responsável. Por último concluímos com a realização deste estudo que a Educação para a Promoção da Saúde deve ser implementada no contexto escolar numa perspectiva transversal abrangendo todos os alunos.Health is understood as a resource for life, it does not depend exclusively on the Health sector, but on all sectors in general, and of each one of them in particular. It requires the adoption of healthy lifestyle practices in order to achieve full well-being. Nowadays, the changing of the lifestyle, new food and consuming habits begin to be reflected in serious public health problems. Health is also a cultural aspect, it has a social goal, and it is the responsibility of all us. In this perspective, all places and times are interesting for the promotion of healthy lifestyles, and the school is one of the best places for that, which can and should foster the promotion of the individual and collective health. Food, besides being an essential need of the human being, is one of the more important elements of a healthy lifestyle, and the one which is more determining in people’s health status. As such, it is extremely important to identify the population’s food habits, so that we can act, in case of major food mistakes. Bearing in mind what has been said, this study had the following main objectives: to know student’s food habits, to create appropriate teaching resources, to contribute to the promotion of healthy eating habits and to the increase of literacy levels. The research used a mainly qualitative methodology, and involved all students (40) who attended the classes of the first cycle in Adult Education in the county of Vinhais. They were distributed into three classes who answered a direct questionnaire of anonymous reply. The analysis of the results allowed us to conclude that those students have certain food habits and wrong ideas about healthy eating. Given the results, proper teaching resources were created for this teaching level, to guide activities and procedures in order to change bad habits, improve health and increase literacy in a life-long learning perspective and with the focus of an active and responsible citizenship. Finally, with this study we concluded that the Education for the Promotion of Health should be developed in the school context, in a transverse perspective including all students.
URI: http://hdl.handle.net/10198/6155
Appears in Collections:EC - Ensino das Ciências

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Final.pdf5,3 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE