Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
EC - Ensino das Ciências >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6148

Título: Aprendizagem baseada na resolução de problemas: desenvolvimento de competências cognitivas e processuais em alunos do 9º ano de escolaridade
Autor: Vaz, Maria da Anunciação Pais Lopes de Melo
Orientador: Pires, Delmina
Palavras-chave: aprendizagem baseada na resolução de problemas
competências cognitivas e processuais
Problem-Based Learning
cognitive and procedural skills
Issue Date: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Vaz, Maria da Anunciação Pais Lopes de Melo (2011) - Aprendizagem baseada na resolução de problemas: desenvolvimento de competências cognitivas e processuais em alunos do 9º ano de escolaridade. Bragança: ESE. Relatório de Estágio para obtenção do Grau de Mestre em Ensino das Ciências
Resumo: A finalidade deste estudo é sugerir metodologias de trabalho inovadoras que possam ser promotoras de sucesso dos alunos, nomeadamente, quando se consideram competências como o raciocínio e a capacidade de resolução de problemas. O principal objectivo consistiu em avaliar o potencial da metodologia de ensino Aprendizagem Baseada na Resolução de Problemas (ABRP), para o desenvolvimento de competências cognitivas, processuais, de comunicação e atitudinais, conducentes a elevados níveis de literacia científica em alunos do 3º Ciclo do Ensino Básico. Pretendeu-se também perceber se a ABRP implementada a partir de contextos problemáticos do quotidiano dos alunos e com o recurso a tecnologias inovadoras (quadro interactivo e vídeos), fomentava o desenvolvimento das competências cognitivas complexas, nomeadamente, nos alunos dos estratos sociais mais baixos. Para isso, determinou-se o nível sócio-económico e cultural familiar (NSECF) a que os alunos pertenciam. Na sequência do objectivo principal, surgiu um outro associado que consistiu na produção de materiais didácticos adequados à implementação, em contexto de sala de aula, da ABRP. O suporte teórico desta metodologia de ensino é dado pelo contributo da Teoria de Aprendizagem Significativa de Ausubel, pelas concepções construtivistas de Bruner, identificadas na sua Teoria do Desenvolvimento Cognitivo, e pela Teoria Sociocultural do Desenvolvimento Cognitivo de Vygotsky. A investigação envolveu uma turma de 19 alunos que frequentavam, no ano lectivo de 2010/11, o 9º ano de escolaridade numa escola de uma cidade do interior do país. A metodologia de ensino orientada para a ABRP foi implementada em duas fases, durante as quais foram leccionadas duas unidades curriculares, Sistema Reprodutor e Sistema Digestivo. Os contextos problemáticos foram construídos em suporte digital para utilização em quadros interactivos, utilizando o software Active Inspire. Esta particularidade tornou as aulas mais criativas, interactivas e motivadoras. Os recursos guardados em ficheiros do tipo flipchart foram utilizados para criar, personalizar e integrar conteúdos de texto, vídeo e áudio, aceder a programas do computador e navegar na net. A personalização dos conteúdos do flipchart passou pela utilização de ferramentas que permitiram a realização de várias tarefas como, desenhar, escrever e tirar fotografias durante a visualização dos filmes que constituíam um dos contextos problemáticos. Os alunos utilizaram a escrita manual para registar, no quadro interactivo, as actividades realizadas ao longo das aulas, guardando os registos para mais tarde rever, modificar, reutilizar ou enviar. Os dados foram obtidos através de diversos instrumentos de recolha: testes de avaliação, grelha de auto-avaliação de competências (aluno), grelha de observação de competências (professor) e diário do investigador. Os resultados sugerem que a metodologia de ensino implementada, ao conferir ao aluno o principal papel no desenvolvimento das aprendizagens em ambientes colaborativos, ou seja, em interacção social, através de problemas reais ligados às suas vivências e a comportamentos que exigem a procura de solução para esses problemas, potencia o desenvolvimento, em simultâneo e transversalmente, de competências nos domínios do Conhecimento (substantivo, processual e epistemológico), do Raciocínio, da Comunicação e das Atitudes, preconizadas nas orientações curriculares para o 3º Ciclo do Ensino Básico. Considera-se que os bons resultados obtidos nas várias competências dos alunos de estratos sociais mais baixos, são indicadores das potencialidades da metodologia utilizada (ABRP).The aim of this study is to suggest innovative working methodologies that can promote students’ success, namely, when skills such as reasoning and solving problems are considered. The main goal consisted in evaluating the teaching methodology’s Problem-Based Learning (PBL) potential, to develop cognitive skills, procedural, communicative and attitudinal ones that lead to a higher level of scientific literacy among 3rd Cycle of Basic Education students. It was also intended to understand if PBL, when implemented from an everyday students’ problematic context and with the support of innovative technologies (interactive whiteboard and video), could induce the development of complex cognitive skills, namely, among lower class students. Therefore, the students’ family socio-economical and cultural level was determined. In association with the main goal another objective arose, which consisted in the development of adequate didactic material to implement PBL in the classroom. Theory support of this methodology is based on the contribution of Ausubel´s Theory of Meaningful Verbal Learning, Bruner’s constructivist conception, identified in his Theory of Cognitive Development and Vigotsky’ Sociocultural Theory of Cognitive Development. The study embraced a 19 students’ class who attended the 9th grade during 2010/11 based in a countrysided school. The teaching methodology oriented for PBL was implemented in two stages, during which two curricular subjects were taught, Reproductive System and Digestive System. The problematic contexts were created in digital support to be used in interactive whiteboards, using the Active Inspire software. This particularity made more creative, interactive and motivating classes. The resources saved in flipchart files were used to create, personalise and integrate text, video and audio contents, to access computer programmes and on line navigation. The personalisation of flipchart contents included tools usage that allowed tasks like drawing, writing and screenshots during video playing that included one of the problematic contexts. Students used handwriting to register in the interactive whiteboard activities developed during class, saving those files to later on review, modify, reuse or send. The data was collected using different research tools: evaluation tests, skills self -evaluation table (student), skills observation table (teacher) and researcher diary. Results suggest that the teaching methodology implemented, giving the students a primary role in developing their learning in a collaborative environment, ie social interaction through real problems linked to their own experiences and behaviors that require the search to solve those same problems, promotes development, simultaneously and transversely, of Knowledge domain’s skills (substantive, procedural and epistemological), of Reasoning, Communication and Attitudes, advocated in the curriculum guidance for the 3rd cycle of Basic Education. It is acknowledged that the good results attained among students from lower social level, are indicators of the potential of the methodology used (PBL).
URI: http://hdl.handle.net/10198/6148
Appears in Collections:EC - Ensino das Ciências

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese - final.pdf7,9 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE