Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Educação >
Teses de Mestrado >
EA - Educação Ambiental >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5983

Título: Influência das estratégias pedagógicas na abordagem da educação ambiental
Autor: Outeiro, Miguel Ângelo da Costa Almeida
Orientador: Rodrigues, Maria José
Issue Date: 2011
Editora: Instituto Politécnico de Bragança, Escola Superior de Educação
Citação: Outeiro, Miguel Ângelo da Costa Almeida (2011) - Influência das estratégias pedagógicas na abordagem da educação ambiental. Bragança: ESE. Relatório de Estágio para Obtenção do Grau de Mestre em Educação Ambiental
Resumo: Os problemas ambientais na nossa sociedade são cada vez mais um motivo de reflexão urgente na busca de soluções para uma relação mais harmoniosa entre o Homem e o ambiente, na perspectiva de se alcançar um desenvolvimento equilibrado e sustentado. Um dos principais problemas da actualidade, provocado pela industrialização e pela sociedade consumista em que vivemos, é o destino que damos aos resíduos que produzimos. Neste contexto, a Educação Ambiental contribui para a consciencialização e formação das pessoas para uma participação activa e sustentável, em prol do ambiente. Uma das formas possíveis de actuar na sociedade é através do meio escolar, não do edifício em si, mas das pessoas que a compõem e que fazem dela um canal de transmissão de conhecimentos, de competências, valores e atitudes. Assim, o propósito do presente estudo consiste em saber que metodologias de ensino e estratégias pedagógicas são usadas pelos professores do 1º CEB e quais são as mais válidas para promover novas atitudes que permitam alterar os comportamentos e formar cidadãos mais conscientes e responsáveis. Para tal, aferiram-se as atitudes e comportamentos dos alunos acerca da sua sensibilidade ambiental no que concerne à conservação e protecção do ambiente, nomeadamente, no que respeita à gestão e tratamento dos resíduos produzidos e relacionar esses dados com as metodologias e estratégias pedagógicas usadas pelos professores. Para além disto, destacou-se também a importância das parcerias entre as escolas, as Câmaras Municipais e demais entidades locais, promotoras de programas e projectos de Educação Ambiental, verificando-se a influência destas entidades na forma como os professores operacionalizam as metodologias e estratégias de ensino/aprendizagem. A amostra foi constituída por 86 alunos do 2º ano do Ensino Básico, 46 pertencentes ao Colégio Público de Educação Infantil e Primária San Miguel, em Noáin, e os restantes 40 alunos frequentavam o Colégio Público de Educação Infantil e Primária Rochapea, no bairro da Rochapea, na cidade de Pamplona, em Espanha. Fizeram também parte da amostra as quatro docentes responsáveis por cada uma dessas turmas, no ano lectivo 2010/2011. A técnica de recolha de dados utilizada foi o inquérito e recorremos a dois instrumentos, um questionário para aferir os conhecimentos dos alunos e uma entrevista semi-estruturada para recolher informações junto das professoras. Verificou-se, então, uma correlação entre os recursos disponibilizados pela escola, as metodologias e estratégias de ensino utilizadas pelos professores e o domínio de conhecimentos, atitudes, valores e interesse dos alunos face à questão ambiental da redução, reutilização e separação de resíduos. Para além disto, pudemos ainda concluir que a escola, quando apoiada por entidades promotoras de projectos de Educação Ambiental dirigidos à comunidade escolar, pode desenvolver novos instrumentos pedagógicos que influenciem as estratégias de ensino/aprendizagem, repercutindo-se isto positivamente nos conhecimentos, atitudes e comportamentos demonstrados pelos alunos. Destas conclusões retiraram-se algumas informações que permitem reformular as estratégias de ensino/aprendizagem apoiadas em parcerias e projectos de Educação Ambiental, visando uma formação assente numa ética ambiental e de valores mais sustentáveis e favoráveis ao ambiente. The environmental problems in our society are increasingly a cause for reflection on the urgent search for solutions towards a more harmonious relationship between Man and the environment, willing to achieve a balanced and sustained development. One of the main problems of today‟s world, caused by industrialization and the consumerist society we live in, is the way we dispose the waste and residues. In this context, Environmental Education promotes consciousness and trains people towards active and sustainable practices, safe for the environment. One possible way to act in society is through the school, not the building itself, but the people who compose it and make it a channel of transmission of knowledge, skills, values and attitudes. Thus, the aim of this study is to know the teaching methodologies and strategies used by teachers of the 1st CEB and which ones are more appropriate to promote new attitudes that would modify the behaviours and educate citizens more aware and responsible. For this purpose, we have measured up students' attitudes and behaviours about their environmental sensitivity regarding conservation and environmental protection, particularly, regarding the management and treatment of waste and residues and relate these data with the methodologies and pedagogical strategies used by teachers. In addition, it was stressed the importance of partnerships between schools, Municipal Councils and other organizations that promote Environmental Education programs and projects, showing the influence of these entities in how teachers use the different teaching and learning strategies and methodologies. The sample used in this study consisted of 86 students of the 2nd grade of elementary school, 46 of which attended to the Childhood and Elementary Public School San Miguel, in Noáin, and the other 40 attended to the Childhood and Primary Public School Rochapea, in the neighborhood of Rochapea, in the city of Pamplona, in Spain. They were also part of the sample the four teachers responsible for each of the four classes, in the school year of 2010/2011. The data collection technique used was the inquest and we used two different instruments, a questionnaire to gauge students' knowledge and a semi-structured interview to gather information from teachers. There was verified a correlation between the resources provided by the school and the teaching methodologies and strategies used by teachers and the knowledge levels, attitudes, values and interests shown by the students, regarding the environmental issue of reducing, reusing and residue separation. In addition, we also concluded that school, when supported by entities that promote Environmental Education projects to the school community, can develop new teaching tools that may influence the teaching and learning strategies and methodologies used by teachers, which can be positively impacting on students‟ knowledge, attitudes and behavior. The conclusions we took gave us some information which allows us to reformulate the teaching and learning strategies related to Environmental Education projects and partnerships, aiming the training based on a more sustainable and environmentally friendly ethics and values.
URI: http://hdl.handle.net/10198/5983
Appears in Collections:EA - Educação Ambiental

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Dissertação Miguel Outeiro.pdf2,21 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE