Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Tecnologia e Gestão >
Mecânica Aplicada >
DMA - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/4844

Título: Reforço à flexão com sistemas de FRP - comportamento experimental vs. manuais actuais de dimensionamento
Autor: Azevedo, Diogo M.M.
Juvandes, Luís
Henriques, António
Palavras-chave: Sistemas de reforço com FRP sob a forma de mantas e laminados
Dimensionamento à flexão
Modo de ruína
Momento flector mínimo
Issue Date: 2004
Citação: Azevedo, Diogo; Juvandes, Luís; Henriques, António (2004) - Reforço à flexão com sistemas de FRP - comportamento experimental vs. manuais actuais de dimensionamento. In Encontro Nacional Betão Estrutural. FEUP, Porto.
Resumo: Devido às características dos polímeros reforçados com fibras (FRP), ao comportamento de elementos estruturais reforçados com FRP e outras questões respeitantes à utilização da técnica de reforço exterior por colagem, é necessário observar regras específicas na aplicação destes sistemas ao betão. Foram publicados recentemente manuais com o objectivo principal de fornecer disposições de dimensionamento de reforço com FRP de acordo com o formato actual de dimensionamento para estruturas de betão. Entre essas publicações podem-se referir as do American Concrete Institute (ACI) Committee 440, do CEB-FIB Task Group 9.3 e do ISIS Canada Network of Centres of Excellence. Este trabalho tem como objectivo avaliar as metodologias de cálculo sugeridas nesses manuais para a aplicação desta nova técnica de reforço estrutural por colagem exterior de sistemas unidireccionais de FRP. Neste artigo é apresentada uma análise comparativa entre resultados de várias campanhas experimentais e os esperados por via analítica obedecendo aos critérios propostos pelo ACI, FIB e ISIS. Através da consulta de bases de dados nacionais e internacionais publicadas até à data, fez-se uma análise comparativa entre a ruína experimental de peças reforçadas e a previsão analítica em estado limite último. Neste estudo compararam-se momentos últimos, extensão máxima obtida no FRP, modos de ruína e tipo de sistema de reforço (pré-fabricado ou moldado in-situ). Com base neste trabalho, foi possível concluir sobre parâmetros de dimensionamento relevantes como a definição de um valor para a extensão eficaz no FRP, a implementação de critérios de controlo de ruínas prematuras e a caracterização correcta das propriedades dos sistemas de FRP. Da análise dos resultados obtidos tiraram-se algumas conclusões sobre a validação dos modelos de dimensionamento propostos para o comportamento de estruturas reforçadas com materiais compósitos de FRP e elaborou-se uma folha de cálculo contendo os procedimentos apresentados nas propostas normativas ajustadas aos parâmetros de dimensionamento concluídos da análise.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4844
Appears in Collections:DMA - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
BE2004-048.pdf161,37 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia