Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/4844
Título: Reforço à flexão com sistemas de FRP - comportamento experimental vs. manuais actuais de dimensionamento
Autor: Azevedo, Diogo M.M.
Juvandes, Luís
Henriques, António
Palavras-chave: Sistemas de reforço com FRP sob a forma de mantas e laminados
Dimensionamento à flexão
Modo de ruína
Momento flector mínimo
Data: 2004
Citação: Azevedo, Diogo; Juvandes, Luís; Henriques, António (2004) - Reforço à flexão com sistemas de FRP - comportamento experimental vs. manuais actuais de dimensionamento. In Encontro Nacional Betão Estrutural. FEUP, Porto.
Resumo: Devido às características dos polímeros reforçados com fibras (FRP), ao comportamento de elementos estruturais reforçados com FRP e outras questões respeitantes à utilização da técnica de reforço exterior por colagem, é necessário observar regras específicas na aplicação destes sistemas ao betão. Foram publicados recentemente manuais com o objectivo principal de fornecer disposições de dimensionamento de reforço com FRP de acordo com o formato actual de dimensionamento para estruturas de betão. Entre essas publicações podem-se referir as do American Concrete Institute (ACI) Committee 440, do CEB-FIB Task Group 9.3 e do ISIS Canada Network of Centres of Excellence. Este trabalho tem como objectivo avaliar as metodologias de cálculo sugeridas nesses manuais para a aplicação desta nova técnica de reforço estrutural por colagem exterior de sistemas unidireccionais de FRP. Neste artigo é apresentada uma análise comparativa entre resultados de várias campanhas experimentais e os esperados por via analítica obedecendo aos critérios propostos pelo ACI, FIB e ISIS. Através da consulta de bases de dados nacionais e internacionais publicadas até à data, fez-se uma análise comparativa entre a ruína experimental de peças reforçadas e a previsão analítica em estado limite último. Neste estudo compararam-se momentos últimos, extensão máxima obtida no FRP, modos de ruína e tipo de sistema de reforço (pré-fabricado ou moldado in-situ). Com base neste trabalho, foi possível concluir sobre parâmetros de dimensionamento relevantes como a definição de um valor para a extensão eficaz no FRP, a implementação de critérios de controlo de ruínas prematuras e a caracterização correcta das propriedades dos sistemas de FRP. Da análise dos resultados obtidos tiraram-se algumas conclusões sobre a validação dos modelos de dimensionamento propostos para o comportamento de estruturas reforçadas com materiais compósitos de FRP e elaborou-se uma folha de cálculo contendo os procedimentos apresentados nas propostas normativas ajustadas aos parâmetros de dimensionamento concluídos da análise.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4844
Aparece nas colecções:DMA - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
BE2004-048.pdf161,37 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.