Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Serviços de Documentação e Bibliotecas do IPB >
SDB - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/448

Title: Os centros de informação europeia e animação rural como instrumentos de governação da União Europeia : o caso português
Authors: Costa, Maria Alzira Soares da
Issue Date: 2007
Publisher: Universidade do Minho
Citation: Costa, Maria Alzira Soares da - Os centros de informação europeia e animação rural como instrumentos de governação da União Europeia : o caso português. Braga : UM, 2007. Tese de Mestrado
Abstract: As questões da governação colocaram-se mais acentuadamente a partir do final dos anos oitenta e início dos anos noventa, fundamentalmente na razão directa da ineficiência proveniente dos modelos vigentes da Administração das Sociedades. A União Europeia, apesar da ser uma entidade sui generis, e, a questão da governação ter estado sempre presente e, de certa forma, os modelos de gestão adoptados terem sustentado o processo de construção da mesma, também ela se ressentiu das questões que se foram colocando relativamente à governação. No entanto pudemos verificar que ao longo dos tempos, as suas instituições, nomeadamente a Comissão Europeia, pela sua própria natureza e funções a desempenhar, promoveu a criação de instrumentos de governação de vária ordem. Destes, destacamos a política de Informação e Comunicação da Comissão Europeia, e por sua vez, a Política de Informação e Comunicação da União Europeia, bem como os Carrefours Rurais Europeus, Centros estes que faziam parte integrante da Rede Europeia de Centros de Informação e Animação Rural. Esta rede foi desenvolvida pela Comissão Europeia, assente numa lógica de aproximar os cidadãos europeus, recorrendo a novas formas de governação. Esta assentava no Modelo de Governação em Rede, e desdobrava-se em redes nacionais a nível de cada um dos Estados- Membros da União Europeia. O nosso «Estudo de Caso» visou a Rede Nacional de Carrefours Rurais, constituída pelos nove Carrefours Rurais sedeados em Portugal Continental e nos Açores. Estes, afirmaram-se pelo desenvolvimento de actividades entre 1993 – ano de criação do primeiro Carrefour Rural nacional – e, o ano de 2004 – ano de extinção dos Carrefours Rurais Europeus por parte da Comissão Europeia. As suas actividades tinham por objectivo principal fazer chegar informação da União Europeia aos cidadãos europeus do Mundo Rural, com vista ao desenvolvimento global das regiões rurais dos seus Estados-Membros. Este estudo mostrou a importância dos Carrefours Rurais nacionais, no que concerne à passagem de informação para as regiões rurais do nosso país e às sinergias criadas entre os diferentes actores em prol do desenvolvimento das mesmas, e, permitiu testar a hipótese deste trabalho inicialmente formulada.
Issues of government have come to the fore since the end of the 1980s and start of the 90s, chiefly because of the inefficiency of the Society Administration Models in force. The European Union, despite being a sui generis entity, has always entailed the issue of government and, to a certain extent, the management models adopted have sustained the building process of the Union. Therefore, the EU has also felt the effects of questions put forward regarding government. However, we can see that over time its institutions, namely the European Commission, because of its very nature and the functions it carried out, has created a wide range of governing tools. Among these we highlight the Information and Communication Policy of the European Commission, and in turn the Information and Communication Policy of the European Union, as well as the European Rural Carrefours, which are centres that are crucial part of the European Network of Information and Rural Animation. This network was developed by the European Commission, based on the idea of bringing European citizens closer to one another, by means of new forms of government. It was grounded on the Network Government Model, and was run through the national networks of each of the Member States of the European Union. Our «Case Study» focussed on the National Network of Rural Carrefours, comprising of nine Rural Carrefours located in mainland Portugal and the Azores. They rose to prominence by undertaking activities between 1993, the year the first national Rural Carrefour was created, and 2004, the year the European Rural Carrefours were terminated by the European Commission. The main goal of their activities was to impart European Union information to European citizens from the Rural World, aimed at the overall development of the rural regions of the Member States. This study showed the importance of the national Rural Carrefours with regard to transmitting information to Portugal’s rural regions and the synergies created among the different actors to encourage the development of the regions, and also enabled the testing of the hypothesis of this task initially formulated.
URI: http://hdl.handle.net/10198/448
Appears in Collections:SDB - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Mestrado Alzira.pdf11.4 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE