Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/4444
Título: Os saberes profissionais técnicos em associações e cooperativas agrárias
Autor: Pereira, Fernando
Palavras-chave: Saberes profissionais
Identidade profissional
Data: 2005
Editora: Universidade de Aveiro
Citação: Pereira, Fernando (2005) - Os saberes profissionais técnicos em associações e cooperativas agrárias. In Congresso Internacional Educação e Trabalho. Aveiro. ISBN: 972-789-153-5
Resumo: Este trabalho resulta da entrevista com meia centena de técnicos das associações e cooperativas agrárias (ACA) da região agrária de Trás-os-Montes e Alto-Douro (Norte Interior de Portugal) e do acompanhamento do quotidiano profissional de três desses técnicos pelo período de cerca de quatro meses. Em Trás-os-Montes e Alto-Douro (TMAD), existem cerca de centena e meia de ACA e próximo das três centenas de técnicos. Os técnicos são indivíduos com formação superior, bacharéis ou licenciados, nas seguintes áreas técnico-científicas: agronomia, zootecnia (produção animal), florestal, gestão/economia agrária e enologia. Norbert Elias critica os que partem do pressuposto de que os actores sociais actuam no vazio (ou em contextos artificialmente reconstituídos) e não em contextos próprios: “as pessoas insistem em falar como se existisse, de per si, um ‘sujeito’ de conhecimento, um ‘ser humano sem mundo’ ou um ‘entendimento sem objecto’ como unidade independente e, de outro lado, para além do abismo que os separa, como entidade igualmente independente, o mundo, que é normalmente ordenado sob as denominações de ‘ambiente’ ou ‘objectos’” (Elias, 1997: 81). Nesta linha de pensamento, o estudo da acção do profissional em contexto de trabalho exige que o investigador aceda (observação e partilha) a intervenções profissionais concretas entre os técnicos e os agricultores. O acesso (observação e partilha) de momentos de reflexão entre técnicos e, pela maioria das razões, a entrevista formal ou informal, embora úteis, são insuficientes. Assim, depois de uma breve revisão da literatura sobre o conceito ou conceitos de conhecimento, apresentamos seis episódios da interacção profissional entre os técnicos superiores das ACA e os agricultores. A partir destes episódios identificamos um conjunto (não exaustivo) de saberes profissionais e, a partir destes, chegamos aos sentidos do uso do conhecimento e a um modelo explicativo da recontextualização do conhecimento em contexto de trabalho. Terminamos, realçando o modo como os saberes profissionais se integram no sistema de partilha de conhecimento e informação agrária, que assiste os agricultores de TMAD na sua actividade quotidiana.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/4444
ISBN: 972-789-153-5
Aparece nas colecções:CSE - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Comunicação Congresso Internacional Educação e Trabalho.pdf524,04 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.