Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/15034
Título: Sustentabilidade da montanha portuguesa: realidade e desafios
Autor: Azevedo, João (Ed.)
Cadavez, Vasco (Ed.)
Arrobas, Margarida (Ed.)
Pires, Jaime (Ed.)
Data: 2016
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Eds. Azevedo, João; Cadavez, Vasco; Arrobas, Margarida; Pires, Jaime (2016) - Sustentabilidade da montanha portuguesa: realidade e desafios. Bragança: Instituto Politécnico. ISBN 978-972-745-220-0
Resumo: As áreas de montanha em Portugal representam cerca de 40% do território nacional. Encerram um conjunto de valores patrimoniais, materiais e imateriais, de profundo significado identitário, em regiões particulares e no país como um todo. São áreas de geologia e geomorfologia complexa, sistemas chave na regulação do clima regional e geral e na regulação da água, repositórios de uma diversidade notável de habitats, fauna e flora e, cada vez mais, escolhas preferenciais da população para contemplação e usufruição da natureza. Apesar da sua presença frequente na paisagem e da sua importância em tantos aspetos da natureza, da economia e da sociedade, as montanhas portuguesas não mereceram até ao momento uma publicação a elas inteira e especificamente dedicada. Com esta obra pretende-se colmatar esta lacuna da literatura científica e de divulgação em Portugal, reunindo um conjunto de contribuições de investigadores reconhecidos em diferentes domínios das ciências agrárias, naturais e sociais. Baseia-se parcialmente no ciclo de conferências que o Centro de Investigação de Montanha (CIMO) organizou na Escola Superior Agrária do Instituto Politécnico de Bragança nos anos de 2009 e 2010, dedicado ao tema “Sustentabilidade da Montanha Portuguesa: Realidades e Desafios”, preservado no título desta obra, e nos trabalhos aí apresentados por investigadores nacionais. Um primeiro grupo de capítulos inclui uma introdução geral aos sistemas de montanha abordando aspetos do relevo, clima, hidrologia, biodiversidade e socioeconomia. No Capítulo 1 abordam-se conceitos relativos às montanhas e a sua aplicação no mundo e em Portugal (Azevedo et al.). No Capítulo 2 é feita uma análise das relações entre o relevo e a distribuição espacial dos principais elementos de clima (Gonçalves et al.). Aguiar e Vila-Viçosa fazem, no Capítulo 3, uma descrição da vegetação natural e flora associada no interior norte e centro de Portugal continental e Nunes apresenta, no Capítulo 4, um estudo sobre a vulnerabilidade do fornecimento de serviços de ecossistema hidrológicos em dois sistemas montanhosos portugueses, num quadro de alterações climáticas. Os Capítulos 5 e 6 são dedicados às pastagens e ao pastoreio, elementos centrais na ecologia e economia das montanhas: o primeiro focado na análise de serviços de ecossistema de pastagens semeadas biodiversas (Domingos et al.) e o segundo na descrição dos sistemas de produção animal extensivos das regiões de montanha do Norte de Portugal e dos respetivos sistemas de pastoreio (Castro). Antes das considerações finais apresentadas no Capítulo 9 (Pires et al.), abordam- se especificamente os produtos de montanha: no Capítulo 7 a partir da análise de sistemas de produção e origem de produtos animais (Bessa et al.) e no Capítulo 8 da valorização, do ponto de vista nutricional e bioativo, de plantas, cogumelos e frutos secos (Barros et al.).
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/15034
ISBN: 978-972-745-220-0
Aparece nas colecções:CIMO - Livros

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
2016 Sustentabilidade da Montanha Portuguesa v2.pdf47,78 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.