Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/14227
Título: Relação entre contagens de células somáticas do tanque e parâmetros de qualidade do leite de cabra serrana
Autor: Pinho, Samora Machel Alberto
Orientador: Quintas, Hélder
Palavras-chave: Contagem de células somáticas
Teor de gordura
Proteína total
Lactose
Contagens bacterianas totais
Qualidade do Leite
Data de Defesa: 2017
Resumo: O objetivo deste trabalho foi avaliar a relação entre as contagens de células somáticas no leite do tanque em efetivos de cabras de raça Serrana com os parâmetros gordura, proteína, lactose e contagens bacterianas totais. Entre Outubro de 2014 e Setembro de 2015, foram colhidas pela Leicras S.A. (Mirandela-Portugal) 1.294 amostras de leite do tanque de 46 explorações no âmbito da realização dos contrastes leiteiros. Posteriormente no laboratório da Associação Interprofissional do Leite e Lactínios foram feitas as Contagens de Células Somáticas (FC Fossomatic ™, Foss Instruments, Hillerød, Dinamarca) e a análise do teor de gordura (%), proteína total (%), lactose (%) e contagens bacterianas totais (MilkoScan 6000; Foss Intruments, Hillerød, Dinamarca). Na análise descritiva foi utilizada a distribuição de CCS e contagens bacterianas totais e uma correlação múltipla entre log (CCS) e os restantes parâmetros. Para demonstrar associações entre os parâmetros das amostras utilizou-se a prova do Qui-quadrado (2) e, para analisar diferenças entre variáveis continuas, recorreu-se análise de variância. A média geométrica de CCS foi de 2.495 x 103 células por ml. Os percentis 10%, 25%, 50%, 75% de CCS foram, respetivamente, 1.191, 1.770, 2611 e 3.560 x 103 células por ml. Por sua vez, a média geométrica das contagens bacterianas totais foi de 281 x 103 células por ml e os percentis 10%, 25%, 50%, 75% foram 43, 92, 246 e 824 x 103 células por ml. A equação de regressão múltipla (r = 0,47; R2 = 0,22; P <0,001) encontrada foi log (CCS) = 10,23 - (0,15 x "teor de gordura") + (0,83 x "proteína total") (0,96 x lactose) 0,27 x contagens bacterianas totais). O teor de gordura (R2 = 0,012; r = 0,11; p <0,001) e a lactose (R2 = 0,094; r = 0,31; p <0,001) estão correlacionadas negativamente com o log (CCS) e foi observada uma correlação positiva entre log (CCS) e a proteína total (R2 = 0,03; r = 0,17; p <0,001). Não foi encontrada correlação entre log (CCS) e as contagens bacterianas totais (p>0,05). O “fator exploração” explicou 28,9% da variância das contagens bacterianas totais e 38,6% da variância das CCS. Estes dados salientam a importância de se compreender a dinâmica das CCS no leite de tanque nas cabras de raça Serrana. É por isso necessário em trabalhos futuros investigar os factores infeciosos e não infeciosos responsáveis pela variação das contagens nesta raça com a finalidade de melhorar os programas de boas práticas de ordenha e de controlo das mastites, e, consequentemente, a qualidade do leite e do queijo, bem como o rendimento dos produtores.
This study aimed to evaluate the relationship between milk somatic cells count (MSCC) from bulk tank of Serrana goat flocks and other traits as fat (%), protein (%) and lactose (%) contents, and total bacterial counts. Between October 2014 and September 2015, 1,294 milk samples from bulk tank were weekly collected in 46 herds by Leicras S.A. (Mirandela-Portugal) during period official controls. MSCC (FC Fossomatic™; Foss Instruments, Hillerød, Denmark) and fat (%), protein (%) and lactose (%) contents, and total bacterial counts (MilkoScan 6000; Foss Intruments, Hillerød, Denmark) of milk were analysed in Inter-professional Association of Milk and Milk laboratory. Descriptive analyse was used for MSCC distribution and a multiple correlation between log (MSCC) and remaining parameters was made. Previously Pearson correlation between MSCC and each parameter were tested. The geometric mean of MSCC was 2,495 x 103 cells per ml. The percentiles 10%, 25%, 50%, 75% of MSCC were 1,191, 1,770, 2,611 and 3,560 x 103 cells per ml. The average of total bacterial counts was 281 x 103 cells per ml and the percentiles 10%, 25%, 50%, 75% were 43, 92, 246 and 824 x 103 cells per ml. The multiple regression equation (r = 0.47; R2 = 0.22; P < 0.001) was log (MSCC) = 10,23 – (0.15 x “fat”) + (0.83 x “protein”) – (0.96 x lactose) – (0,27 x total bacterial counts). The percentage of fat content (R2=0,012; r=0.11; p<0,001) and lactose (R2=0,094; r=0,31; p<0,001) are negatively correlated with log (MSCC) and it was observed a positive correlation between log (MSCC) and the protein content (R2=0,03; r=0,17; p<0,001). No correlation was found between log (MSCC) and total bacterial counts. The “farm” factor explained 28.9% of the variation of the total bacterial counts and 38.6% of the variation of the log (MSCC). These data highlight the importance of understanding the dynamics of SCC in bulk tank in Serrana goats. It is therefore necessary in future works to investigate the infectious and non-infectious factors responsible for the variation of the counts in this breed in order to improve the milking practices and mastitis control programs, and consequently the milk/cheese quality and best incomes to the farmers.
URI: http://hdl.handle.net/10198/14227
Designação: Mestrado em Agricultura Tropical
Aparece nas colecções:AGT - Agricultura Tropical

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Trabalho em Mamite_Retificações.pdf1,28 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.