Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/1290
Title: CFD aplicada ao estudo de permutadores de calor de placas chevron
Authors: Fernandes, Carla S.
Dias, Ricardo P.
Nóbrega, João M.
Maia, João M.
Keywords: Permutadores de calor de placas
Número de Nusselt
Factor de Colburn
Mecânica de fluidos computacional
Issue Date: 2007
Publisher: Associação Portuguesa de Mecânica Teórica, Aplicada e Computacional
Citation: Fernandes, Carla S.; Dias, Ricardo P.; Nóbrega, João M.; Maia, João M. (2007) - CFD aplicada ao estudo de permutadores de calor de placas chevron. In XXVIII Congresso Ibero Latino-Americano sobre Métodos Computacionais em Engenharia. Porto.
Abstract: Os fluidos alimentares com viscosidade elevada são frequentemente processados em permutadores de calor de placas (PCPs) em regime laminar. O desempenho termo-hidráulico dos PCPs do tipo chevron depende das características geométricas dos mesmos, nomeadamente do ângulo das corrugações sinusoidais das placas, do espaçamento entre placas e do factor de incremento de área, definido como a razão entre a área real das placas e a sua área projectada. Apesar desta dependência ser consensualmente reconhecida, as correlações termo-hidráulicas existentes na literatura para este tipo de equipamentos não incluem todos os parâmetros geométricos. Neste trabalho é apresentado um estudo sobre a influência dos parâmetros geométricos das placas e das propriedades físicas do fluido no desempenho dos PCPs, sendo os valores obtidos comparados com dados experimentais da literatura. O estudo numérico é efectuado utilizando o software comercial de mecânica de fluidos computacional baseado no método de elementos finitos POLYFLOW®, sendo resolvidas as equações de conservação de massa, momento e energia para fluxos laminares incompressíveis. Sendo este um problema não linear, a sua resolução passa por um processo iterativo, baseando-se o critério de convergência no erro relativo cometido em cada iteração nos campos de velocidade e temperatura. A resolução numérica do problema foi efectuada num computador Dell Workstation PWS530 com 1GB de RAM. A validação do modelo usado na resolução deste problema foi efectuada recorrendo a um caso limite existente nos PCPs - ângulo de corrugação = 90º - para o qual estão disponíveis na literatura soluções analíticas. A diferença máxima obtida, entre os valores numéricos e analíticos, foi de 0.2%.
URI: http://hdl.handle.net/10198/1290
Appears in Collections:DEMAT - Artigos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Fernandes et al_artigo.pdf393,55 kBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.