Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Teses de Mestrado >
GCN - Gestão e Conservação da Natureza >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/1051

Título: Matos do Parque Natural de Montesinho: erosão hídrica e dinâmica do carbono: um estudo à micro-escala com simulação de chuva
Autor: Ramos, Maria Alice Bompastor
Orientador: Figueiredo, Tomás de
Fonseca, Felícia
Palavras-chave: Erosão hídrica do solo
Dinâmica do carbono
Simulação de chuva
Escoamento
Transporte de sedimentos
Parque Natural de Montesinho
Issue Date: 2008
Editora: Universidade dos Açores, Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Ramos, Maria Alice Bompastor - Matos do Parque Natural de Montesinho: erosão hídrica e dinâmica do carbono: um estudo à micro-escala com simulação de chuva. Bragança : Universidade dos Açores, Instituto Politécnico, 2008. Dissertação de Mestrado em Gestão e Conservação da Natureza
Resumo: Este trabalho de tese desenvolveu-se no Parque Natural de Montesinho, porque a área de Montesinho é considerada de elevado risco potencial de erosão hídrica, devido essencialmente ao relevo nos troços mais encaixados das principais linhas de água. Por outro lado, a extensão de matos na área é muito considerável, importando avaliar, de modo quantificado, o seu papel na protecção dos solos, entre outras das suas funções ecossistémicas. Os objectivos gerais desta tese são estudar a erosão hídrica do solo em áreas de matos do Parque Natural de Montesinho, bem como caracterizar estas comunidades vegetais quanto ao Carbono que armazenam e a sua dinâmica determinada pelo processo erosivo. Foram quantificados o escoamento e o transporte de sedimentos, produzidos em ensaios de campo realizados com um simulador de chuva devidamente calibrado, procurando aproximar as chuvadas simuladas das características da precipitação natural do local. Os ensaios realizaram-se em três espécies de matos, Cistus ladanifer (estevas), Cytisus multiflorus (giesta-branca) e Erica australis ssp. aragonensis (urzes), do Parque Natural de Montesinho (PNM), no qual representam 1/3 da sua área. Quantificaram-se também os aspectos morfológicos dos matos que condicionam o processo erosivo, e a distribuição do Carbono nas três espécies de matos em estudo e no solo. Com esta tese conclui-se que a cobertura vegetal de matos, que cobrem boa parte do PNM, reduz os riscos associados à perda de solo pela erosão hídrica, contribuindo para a sua conservação. Os matos têm um papel importante em relação ao Carbono Orgânico pelos quantitativos que estas comunidades armazenam na vegetação e no solo e pela extensão das áreas que ocupam. Daí também a sua importância para o sequestro do Carbono atmosférico, cedendo uma parte ao solo, e assim reduzindo a concentração deste elemento na atmosfera e consequentemente a dos gases de estufa.
This thesis developed in the Montesinho Natural Park (PNM). In the area of Montesinho, topography favours high water erosion potential, especially in sharp relief sections of the main watercourses. Furthermore, shrubs, covering a considerable part of PNM, play an important role, needing quantification, in soil protection and other ecossystemic functions. The general objectives of this thesis are the study of water erosion in shrub areas of PNM, and Carbon storage and dynamics associated to erosion in these vegetation communities. Runoff and sediment transport were measured during field trials performed with a calibrated rainfall simulator, approaching local characteristics of natural precipitation. Trials were performed in three species of shrubs, Cistus ladanifer (“esteva”), Cytisus multiflorus (“giesta” white) and Erica australis ssp. aragonensis (“urze”), in Montesinho Natural Park of (PNM), where they represent 1/3 of the area. Measurements also comprised morphology of bushes, as features controlling water erosion, and Carbon distribution in the three species of shrubs studied (in vegetation and in soil). As this thesis concludes bushes covering a considerable part of the PNM importantly contribute to reduce the risks associated with the soil loss by water erosion, hence contributing to its protection. The shrubs have also an important role in relation to organic Carbon, because of their both releant storage capacity and areal extent. Consequently, shrub communities, through atmospheric Carbon sequestration, partly transferred to soil, play an important role in reducing the concentration of this element in the atmosphere and therefore of the greenhouse gases.
URI: http://hdl.handle.net/10198/1051
Appears in Collections:GCN - Gestão e Conservação da Natureza

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Tese Mestrado GCN Alice Final pdf 10-02-2009.pdf9,52 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE