Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ambiente e Recursos Naturais >
ARN - Capítulos em Livros >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6410

Título: Dinâmica e serviços da paisagem no Nordeste de Portugal
Autor: Azevedo, João
Castro, João Paulo
Pinheiro, Helena
Moreira, César
Magalhães, Simone
Loureiro, Carlos
Fernandes, Paulo M.
Palavras-chave: Serviços de ecossistem
Serviços de paisagem
Fogo
Ecologia da paisagem
Issue Date: 2011
Editora: Universidade Federal de Viçosa, Brasil
Citação: Azevedo, João; Castro, João Paulo; Pinheiro, Helena; Moreira, César; Magalhães, Simone; Loureiro, Carlos; Fernandes, Paulo M. (2011) - Dinâmica e serviços da paisagem no Nordeste de Portugal. In Neto, J.A.F; Enlof, C.J.; Gonçalves, R.L. (Org.) Desenvolvimento Rural, Sustentabilidade e Ordenamento Territorial. Viçosa: Universidade Federal de Viçosa. p. 158-174. ISBN 978-85-60249-99-2
Resumo: Neste trabalho são abordados os serviços de ecossistema relevantes à escala da paisagem num contexto de transformação do território. O principal objetivo é avaliar os efeitos potenciais das alterações da paisagem no serviço de regulação de perturbações (fogo) proporcionado pelos sistemas ecológicos na região do Nordeste de Portugal (Trás-os-Montes). Discute-se o conceito de serviço de ecossistema explorando os aspetos que mais contribuíram para a popularização desta abordagem e para a sua aplicação em políticas e práticas de gestão e conservação de ecossistemas e paisagens. São destacados os serviços cujo enquadramento é exclusivo ou apenas integralmente abordável à escala da paisagem, aqui designados por serviços de paisagem, nomeadamente os serviços de regulação do fogo. Descrevem-se os processos de alteração da paisagem em curso na região do Nordeste de Portugal com base nos casos das freguesias de França e Deilão onde nos últimos 50 anos se verificou uma redução acentuada da área agrícola e uma expansão das áreas florestais, embora com efeitos opostos na estrutura dessas paisagens. Analisa-se, neste contexto, a forma como estas alterações afetam a regulação do fogo com base em resultados de trabalhos de modelação e simulação do comportamento do fogo conduzidos nas mesmas freguesias. Verificou-se que a paisagem tende a acumular e a aumentar a continuidade espacial de combustível ao longo do tempo o que é correspondido pelo aumento do risco de incêndio na paisagem, favorecendo a ocorrência de fogos de maior intensidade em áreas mais extensas. No final, discute-se o papel da gestão em paisagens culturais em rápida transformação e no fornecimento de serviços, nomeadamente de paisagem.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6410
ISSN: 978-85-60249-99-2
Appears in Collections:ARN - Capítulos em Livros

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Reprograf11111815180.pdf4,9 MBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE