Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3800
Título: Análise e modelação da variabilidade espacial de parâmetros do solo à escala da parcela com base em métodos geoestatísticos
Autor: Castro, João Paulo
Fonseca, Felícia
Pinto, M. Alice
Santos, Sónia A.P.
Amaral, Alexandra
Azevedo, João
Palavras-chave: Análise espacial
Geostatística
Culturas de curta rotação
Produção de biomassa para energia
Data: 2009
Editora: SPCS
Citação: Castro, J.P., F. Fonseca, M.A. Pinto, S. Santos, A. Amaral & J.C. Azevedo. 2009. Análise e modelação da variabilidade espacial de parâmetros do solo à escala da parcela com base em métodos geoestatísticos. Encontro Anual da Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo (SPCS), 8-10 Julho, Faro. P. 27.
Resumo: O desenvolvimento e implementação de sistemas de agricultura e silvicultura de precisão dependem consideravelmente do conhecimento da heterogeneidade espacial do solo a escalas muito detalhadas. Neste trabalho analisou-se a dependência espacial de parâmetros do solo com base em métodos geoestatísticos com o objectivo de descrever, modelar e representar a sua continuidade espacial numa parcela de 4ha dedicada à produção de biomassa lenhosa para fins energéticos. Recolheu-se um total de 105 amostras de solo, na profundidade 0-10 cm, distribuídas por 14 transectos. Após secagem a 45ºC e crivagem (crivo de malha de 2 mm), as amostras foram analisadas para os teores de C e N e valor de pH. O teor de humidade foi determinado pelo método gravimétrico. Com base em variografia foi analisada a distribuição espacial das variáveis carbono, azoto, humidade (%) e pH do solo. Os semi-variogramas omnidirecionais indicam a existência de dependência espacial mais forte nos casos das distribuições de carbono e azoto. Para as mesmas variáveis, semi-variogramas direccionais indicam a existência de dependência espacial mais marcada na direcção NE-SO. A humidade, no entanto, apresenta dependência espacial apenas na direcção N-S e o pH apenas na direcção NE-SO. Aplicando o método de interpolação espacial de krigagem simples com base em modelos esféricos obtiveram-se superfícies de distribuição de carbono, azoto, humidade e pH para a área de estudo. Este trabalho permitiu detectar padrões de heterogeneidade espacial para parâmetros do solo. Permitiu ainda a descrição da sua distribuição em toda a parcela de estudo. Estes resultados constituem uma base de informação fundamental à gestão futura do ensaio.
Peer review: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/3800
Aparece nas colecções:ARN - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Castro et al. (2009)ResumoFaro .pdf389,09 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.