Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Produção e Tecnologia Vegetal >
PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/3181

Título: Análise comparativa do diagnóstico do estado nutritivo em boro da oliveira a partir de folhas colhidas em Julho e em Janeiro
Autor: Arrobas, Margarida
Lopes, João
Pavão, Francisco
Cabanas, J.E.
Rodrigues, M.A.
Issue Date: 2008
Editora: Sociedade Portuguesa da Ciência do Solo
Citação: Arrobas, Margarida; Lopes, João; Pavão, Francisco; Cabanas, José; Rodrigues, Manuel (2008) - Análise comparativa do diagnóstico do estado nutritivo em boro da oliveira a partir de folhas colhidas em Julho e em Janeiro. In III Congresso Ibérico da Ciência do Solo. Évora
Resumo: Em Trás-os-Montes o boto assume relevância similar, ou mesmo superior, à dos macronutrientes. Neste trabalho analisa-se a relação entre a concentração de 8 nas folhas e a produção de azeitona para duas datas de amostragem comuns: ao endurecimento do caroço e no repouso vegetativo. As experiências de campo decorreram durante os anos de 2003 a 06 em dois olivais de sequeiro nas regiões de Mirandela e Bragança, A colheita de folhas foi efectuada em Julho e Janeiro de cada ano. Em Dezembro efectuou-se a colheita da azeitona. As produç6es revelaram pronunciados ciclos de safra e contra safra. Em Bragança, por exemplo, durante os quatro anos as produções médias variaram entre 3.6, 28.1, 5.5, e 22.7 kg/árvore. As diferenças na produção por árvore foram particularmente elevadas. Na colheita de 2004 em Bragança, por exemplo, as produções variaram entre 1.2 e 52.7 kg/árvore. A concentração de 3 nas folhas também variou significativamente entre árvores individuais. A partir de 16 nuvens de pontos obtidas da relação entre a concentração de B nas folhas e a produção, foram conseguidas 10 relações lineares significativas. O número de relações lineares significativas foi usado como medida da qualidade da capacidade de diagnóstico já que, se existe uma relação linear significativa, entende-se que a variabilidade experimental é menor.
URI: http://hdl.handle.net/10198/3181
Appears in Collections:PTV - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Folhas Janeiro e Julho.pdf456,7 kBAdobe PDFView/Open

Please give feedback about this item
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


© Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
Promotores do RCAAP   Financiadores do RCAAP

Fundação para a Ciência e a Tecnologia Universidade do Minho   Governo Português Ministério da Educação e Ciência PO Sociedade do Conhecimento (POSC) Portal oficial da União Europeia