Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3141
Título: Análise de tensões em fémures do mesmo género e diferente faixa etária
Autor: Fonseca, E.M.M.
Magalhães, B.F.T.
Noronha, J.K.
Data: 2010
Editora: APAET et al Eds.
Citação: Fonseca, E.M.M.; Magalhães, B.; Noronha, J.K. (2010) - Análise de tensões em fémures do mesmo género e diferente faixa etária. In 8º Congresso Nacional de Mecânica Experimental. Guimarães. ISBN: 978-972-8692-47-6
Resumo: O principal objectivo deste trabalho é avaliar a resistência biomecânica da extremidade proximal do fémur, quando submetido a carregamentos próprios da actividade quotidiana, sob influência da actividade muscular. Pretende-se comparar a resistência do colo do fémur, através da distribuição de tensões e de deformações, na extremidade proximal do osso, em três indivíduos do mesmo género e faixas etárias distintas. São utilizadas imagens médicas de pacientes do género feminino (9, 37 e 41anos) que permitem a criação de modelos geométricos com a forma tridimensional de cada osso em estudo. Para a avaliação da resistência biomecânica do osso recorreu-se ao método de elementos finitos, considerando o efeito do osso cortical e do osso trabecular, sob influência de diferentes propriedades mecânicas com comportamento elástico e isotrópico. A discussão dos resultados contempla as análises efectuadas com base no carregamento, que é função da massa corporal própria de cada paciente, e ainda também em função de um valor máximo idêntico para todos os pacientes. Nesta última análise, uma vez que a imposição de carregamento é idêntica para cada um dos modelos, pretende-se verificar a influência das alterações da espessura do osso cortical do fémur, função da idade, no resultado da distribuição de tensões. A influência da espessura cortical na resistência óssea tem vindo a ser referido por vários estudos de autores nesta área de investigação. A avaliação do efeito da compressão ou da tracção ao longo dos tecidos ósseos será também motivo da discussão dos resultados. Este trabalho permitirá identificar as zonas de maior risco de fractura, para cada um dos fémures em análise, atendendo ao conjunto das diferentes variáveis impostas ao longo do estudo.
URI: http://hdl.handle.net/10198/3141
ISBN: 978-972-8692-47-6
Aparece nas colecções:DMA - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
RACN13.pdf3,96 MBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.