Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/3012
Título: Efeito de fertilizantes minerais e orgânicos na produção de azevém (Lolium multiflorum L.): produção de matéria seca e azoto aparentemente recuperado
Autor: Arrobas, Margarida
Tomás, Paulo
Rodrigues, M.A.
Data: 2009
Editora: Sociedade Portuguesa de Ciências Agrárias
Citação: Arrobas, Margarida; Tomás, Paulo; Rodrigues, M.A. (2009). Efeito de fertilizantes minerais e orgânicos na produção de azevém (Lolium multiflorum L.): produção de matéria seca e azoto aparentemente recuperado. Revista de Ciências Agrárias. ISSN 0871-018X. XXXI:1, p. 112-120
Resumo: Para avaliar o azoto disponibilizado para as plantas a partir de fertilizantes minerais e orgânicos, foi instalado um ensaio em vasos com azevém anual. Os fertilizantes utilizados foram: Casca de Castanha (CC) com 0,6% de azoto (N); Estrume de Bovino (EB), com 2,3% de N; Beira Adubo (BA), um guano comercial com 3,0% de N; Nitrato de Amónio (NA), com 20,5% de N, Entec (En), adubo com um inibidor da nitrificação, com 26% de N; e Fertigafsa (Fg), adubo composto ternário 4-16-12. Estabeleceu-se também uma modalidade Testemunha (T) sem N. Todos os fertilizantes foram aplicados em dose equivalente a 200 mg de N por kg da fracção terra fina de um solo com textura franco-limosa, com pH (H2O) 5,2 e 27 g kg-1 de matéria orgânica. Em todos os vasos foi aplicada uma solução nutritiva sem N. A sementeira foi efectuada a 1 de Outubro de 2004. Após germinação, foram mantidas 50 plantas por vaso. A produção de biomassa foi avaliada em 6 cortes, entre 9 de Novembro de 2004 e 4 de Agosto de 2005. Foi avaliada a produção de biomassa, o N exportado e o N aparentemente recuperado (NAR). A produção média acumulada de matéria seca variou significativamente entre 1,7 e 4,1 g/vaso em T e NA, respectivamente. A modalidade NA registou a exportação mais elevada (167 mg N/vaso) e o maior valor de NAR (64%). Entre os fertilizantes minerais destacou-se o menor valor de NAR associado a En (45%), enquanto que os materiais orgânicos BA e EB tiveram comportamento semelhante entre si (24 e 22%, respectivamente). Nestas condições, os fertilizantes orgânicos (BA e EB) e En foram pouco efectivos na libertação de N para a cultura. Os resultados fazem antever dificuldades na gestão destes fertilizantes em culturas anuais de ciclo curto, uma vez que estas podem ficar privadas de N durante fases importantes do seu desenvolvimento. Results from fertilisation field trials with nitrogen, phosphorus and potassium on potato crop are presented. The study was carried out in Sta Apolónia farm, NE Portugal, in 2002. Three independent experiments, one for each nutrient, were organized in completely randomized designs. Phosphorus treatments included 0, 50, 100 and 200 kg P2O5/ha. Potassium treatments were 0, 50, 100, 200 kg K2O/ha and N treatments 0, 50, 100, 200 and 400 kg N/ha. Calcium superphosphate (18 % P2O5), potassium chloride (60 % K2O) and urea (45 % N), in rates according to the above-mentioned treatments, were broadcast and incorporated in their respective plots with pre-planting tillage. The higher tuber yield recorded for all treatments reached 42 Mg/ha. Phosphorus rate did not significantly (a < 0,05) influence tuber yield, while with potassium and nitrogen fertilisation a significant increase of 8 Mg/ha above the control was recorded. Exponential asymptotic equations were used to fit the crop response to applied K and N. The response curves show an initial increase on tuber yield, followed by a progressive attenuation as the nutrient rate increase and stabilising in an extended plateau for the higher nutrient rates. None of the elements influenced the size and the dry matter percentage of the tubers. Petiole nitrate concentrations and chlorophyll SPAD readings, performed with the portable tools: RQflex reflectometer and SPAD-502 chlorophyll meter, showed correspondence with fertiliser-N treatments. Thus, they can be used to diagnose the N nutritional status of crop. The N, P and K use efficiency was very low, stressing the importance of sowing catch crops in the fall, following the harvest of the potato, in order to minimize environmental impacts mainly associated with residual N.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/3012
ISSN: 0871-018X
Aparece nas colecções:CIMO - Artigos em Revistas Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Orgânicos azevém.pdf66,39 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.