Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ambiente e Recursos Naturais >
ARN - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/1653

Título: Efeito da Substituição de Espécies Florestais nos Horizontes Orgânicos e Características Químicas do Solo
Autor: Fonseca, Felícia
Guerra, Alzira
Nogueira, Clotilde
Palavras-chave: Quercus pyrennaica
Pseudotsuga menziesii
Resíduos orgânicos
Nutrientes
Issue Date: 2004
Editora: EFN, Lisboa. Portugal
Relatório da Série N.º: 12 (2);
Resumo: Com o presente trabalho pretende-se avaliar a influência da substituição de áreas de Quercus pyrennaica, que constitui a vegetação climácica da Serra da Nogueira, situada no Nordeste de Portugal, pela espécie Pseudotsuga menziesii, em algumas características químicas do solo. Para o efeito, seleccionaram-se três áreas de amostragem em zonas adjacentes com condições edafo-climáticas idênticas: uma de Quercus pyrennaica (QP), representativa da situação inicial, uma de Pseudotsuga menziesii com 40 anos (PM40) e uma de Pseudotsuga menziesii com 15 anos (PM15). Em cada área de amostragem, elegeram-se de forma aleatória 10 locais, onde se recolheu material orgânico numa área de 0,25 m2 e amostras de solo nas profundidades 0-5 cm, 5-10 cm e 10-20 cm, em cada um dos locais. Os resultados indicam que a acumulação de resíduos orgânicos é mais elevada nos solos sob as resinosas (PM40 e PM15), que sob a folhosa (QP). Quando se comparam as concentrações em elementos minerais nos resíduos dos horizontes orgânicos, observam-se menores concentrações para a espécie PM15, o que se reflecte nas características químicas do solo, desenvolvido sob aquela espécie, com maior acidez e menor teor em carbono, azoto, potássio e bases de troca, principalmente, nas camadas mais profundas. Entre o solo desenvolvido sob PM40 e o solo na situação inicial (QP) as diferenças são menos notórias, o que parece indicar que os efeitos produzidos pela espécie introduzida tendem a diluir-se no tempo.
URI: http://hdl.handle.net/10198/1653
Appears in Collections:ARN - Artigos em Revistas Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
2Efeito da substituição de espécies florestais SL2004.pdf413,62 kBAdobe PDFView/Open
Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE