Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/9083
Título: O que pensam as utentes dos cuidados prestados pelos enfermeiros
Autor: Pereira, Maria de Lurdes Loureiro
Correia, Teresa
Palavras-chave: Cuidados de enfermagem
Satisfação
Utentes
Data: 2013
Editora: Associação Portuguesa dos Enfermeiros Obstetras
Citação: Pereira, Maria de Lurdes Loureiro; Correia, Teresa (2013) – O que pensam as utentes dos cuidados prestados pelos enfermeiros. In XVI Encontro Nacional da APEO.Aveiro
Resumo: Na saúde da mulher, centrada historicamente na função reprodutiva, é importante ressalvar os cuidados específicos com a gravidez, o parto e o puerpério. Sabendo que o cuidar é a essência transversal da Enfermagem, a prestação destes cuidados assenta em boas práticas, diretrizes que visam aproximar a teoria científica atual da prática assistencial, oferecendo à paciente um cuidado seguro e de qualidade. Paralelamente, a satisfação da utente tem emergido como forma de conhecer a sua opinião sobre os cuidados, assim como fator de qualidade. O puerpério é entendido como um período crítico na prestação de cuidados à mãe e à criança, no qual a aplicação das boas práticas existentes é de importância primordial para o futuro, revestindo-se de relevância tanto o conhecimento da satisfação relativamente aos cuidados recebidos, como a qualidade de assistência e preparação para os desafios após a alta. Identificar a satisfação das utentes com os cuidados prestados pelos enfermeiros no puerpério num serviço de obstetrícia. Estudo epidemiológico transversal realizado com uma amostra de 50 puérperas internadas no serviço de Obstetrícia da Unidade Local de Saúde Nordeste. A média de idades das mulheres foi de 30,32 anos (dp±5,38), sendo 28% solteiras com 54% com escolaridade até 12 anos. A colheita de dados foi realizada pelos investigadores no período de fevereiro a março de 2013, sendo selecionado o terceiro dia de permanência das puérperas no serviço para a colheita de dados, a aplicar em qualquer dia da semana. Foram definidos como critérios de inclusão: as puérperas internadas no serviço de Obstetrícia da ULSNE, motivo do internamento ser o parto independentemente do tipo, ter período de internamento hospitalar não inferior a três dias. Os critérios de exclusão foram: a puérpera estar internada por outro motivo que não seja o parto; as puérperas cujo (s) filho (s) se encontrem internados no serviço de Neonatologia; as puérperas que se encontrem em condições desfavoráveis ou de instabilidade clinica. Os dados foram recolhidos através de um questionário e analisados recorrendo ao programa SPSS. Foi solicitado parecer à Comissão de Ética e autorização ao Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Nordeste para o desenvolvimento da investigação. Resultados: Mais de metade das utentes informou estar muito satisfeita com os cuidados recebidos. Relativamente aos aspetos técnicos destes cuidados cerca de um terço considera-se muito satisfeito, no entanto as utentes não estão tão satisfeita com a verificação da evolução do seu estado de saúde por parte dos enfermeiros, sendo que 18% consideram essa verificação apenas regular. Praticamente metade destas utentes aprecia a rapidez de resposta e a cortesia e respeito com que são cuidadas por parte dos profissionais, o mesmo não se verificando com a ideia que elas têm acerca da forma como os profissionais lhes comunicaram a informação considerando-a regular (6%). Quando questionadas acerca do nível de competência e conhecimentos dos enfermeiros mais de metade das utentes (60%) considera-os muito exigentes e importantes para o bom funcionamento da unidade e cerca de 16% alteraram a sua opinião negativa para positiva após o internamento hospitalar.As puérperas, no geral, estão satisfeitas com a qualidade dos cuidados prestados pelos enfermeiros. Há necessidade de melhorar a forma como a informação é comunicada às utentes.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/9083
Aparece nas colecções:CVSP - Posters em Encontros Científicos Nacionais

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
Lurdes Loureiro e Teresa Correia. O que pensam as utentes..XVI Congresso APEO 2013.pdf282,96 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.