Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior Agrária >
Ciência Animal >
CA - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/6259

Título: Interrupção do anestro sazonal em ovelhas da Raça Churra Galega Bragançana
Autor: Correia, Teresa Montenegro
Azevedo, Jorge
Mendonça, Álvaro
Fontes, Paulo
Velasco, Helena
Simões, João
Maurício, Raimundo
Cardoso, Manuel
Barbosa, Larissa
Valentim, Ramiro
Palavras-chave: Anestro sazonal
Churra Galega Bragançana
Issue Date: 2011
Editora: Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias
Citação: Correia, Teresa; Azevedo, Jorge; Mendonça, Álvaro; Fontes, Paulo; Velasco, Helena; Simões, João; Maurício, Raimundo; Cardoso, Manuel; Barbosa, Larissa; Valentim, Ramiro (2011) - Interrupção do anestro sazonal em ovelhas da Raça Churra Galega Bragançana. In V Congresso Ciências Veterinárias. Santarém. ISBN 978-989-20-2675-6
Resumo: Este ensaio foi realizado com o intuito de comparar a eficácia de dois tratamentos hormonais distintos na interrupção do anestro sazonal – FGA + eCG (Grupo Controlo) vs. Melatonina + FGA + eCG (Grupo Melatonina) –, em ovelhas da raça Churra Galega Bragançana. Adicionalmente, procurou-se avaliar os efeitos da administração de duas doses diferentes de eCG – 500 UI ou 750 UI. Foram utilizadas 40 ovelhas da raça Churra Galega Bragançana do rebanho experimental do IPB-ESA (Bragança, Portugal), com idades compreendidas entre os 2-6 anos. A 24 de Março, estas ovelhas foram aleatoriamente divididas em dois grupos – Controlo (n = 20) e Melatonina (n = 20). Às ovelhas do grupo Melatonina foi colocado um implante subcutâneo de melatonina (18 mg). Quarenta e quatro dias mais tarde, as ovelhas dos dois grupos – Controlo e Melatonina – foram tratadas com esponjas vaginais impregnadas com 20 mg de FGA. O tratamento progestagénico teve uma duração de 12 dias. Quando da remoção das esponjas vaginais, as ovelhas de ambos os grupos foram aleatoriamente divididas em dois sub-grupos: metade foi tratada com 500 UI de eCG/ovelha e a outra metade com 750 UI de eCG/ovelha. Nessa altura, foram introduzidos no rebanho 3 carneiros adultos munidos de arneses marcadores (cobrição e detecção de cios). A actividade ovárica das ovelhas foi avaliada através do doseamento dos níveis plasmáticos de progesterona. O diagnóstico de gestação realizou-se 41 dias após a administração de eCG, por ultrasonografia em tempo real. Em meados de Março, 80,0% das ovelhas estudadas estavam em anestro sazonal. Nos finais de Abril - inícios de Maio, esta percentagem era de 55,0%. Os tratamentos FGA + eCG determinaram uma excelente resposta reprodutiva. A administração prévia de melatonina exógena não produziu qualquer efeito reprodutivo significativo. A dose de eCG empregue também não afectou significativamente os vários parâmetros reprodutivos avaliados.
Arbitragem científica: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/6259
ISBN: 978-989-20-2675-6
Appears in Collections:CA - Resumos em Proceedings Não Indexados ao ISI

Files in This Item:

File Description SizeFormat
V Congresso da SPCV.pdf750,29 kBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE