Biblioteca Digital do Instituto Politécnico de Bragança   Instituto Politécnico de Bragança

Biblioteca Digital do IPB >
Escola Superior de Saúde >
Departamento de Ciências de Enfermagem >
CE - Dissertações de Mestrado >

Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/10198/5041

Título: Sexualidade na adolescência:comportamentos,conhecimentos e opiniões e atitudes de adolescentes escolarizados
Autor: Sousa, Filomena
Palavras-chave: Sexualidade
Adolescência
Comportamentos
Conhecimentos
Atitudes
Issue Date: 2001
Editora: Universidade do Porto
Citação: Sousa, Filomena (2001) - Sexualidade na adolescência: comportamentos, conhecimentos e opiniões e atitudes de adolescentes escolarizados. Porto: Universidade do Porto. Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar. Tese de Mestrado em Ciências de Enfermagem
Resumo: A adolescência é entendida como um período de transição, que acompanhado acesso á maturação biopsicossocial e que depende de vários factores, determinantes para o seu principio, duração e fim, tais como: idade de puberdade, desenvolvimento psicológico, integração num grupo social e situação familiar. A sexualidade na adolescência representa pois a confluência de "sentimentos sexuais" (biologicamente determinados) de atitudes sexuais (derivadas de mudanças cognitivas) e de comportamentos (resultantes da interacção dos outros dois) e que podem ser modificados por "pressões sociais". Com os objectivos de conhecer os comportamentos, conhecimentos e opiniões atitudinais dos adolescentes face à sexualidade, e identificar as opiniões dos adolescentes sobre o funcionamento das consultas de planeamento familiar desenvolvemos um estudo transversal, descritivo e analítico com 432 adolescentes de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 15 -19 anos, a frequentar o 10°-,ll°-e 12o- ano de escolaridade, nas escolas secundárias da cidade de Bragança. Os resultados obtidos indicam que 41,9 % dos adolescentes são sexualmente activos; os rapazes apresentam uma actividade sexual superior às raparigas. Globalmente os adolescentes inquiridos consideraram-se informados acerca da sexualidade. Apenas uma minoria manifestou ter informação insuficiente. Como agentes responsáveis pela sua informação surge em primeiro lugar os amigos seguidos dos mass média. Pelas respostas aos itens utilizados para avaliar as atitudes sobre a sexualidade, a maioria dos jovens revelaram atitudes liberais acerca desta, assumindo perante alguns itens atitudes tolerantes. As consultas de planeamento familiar são pouco frequentadas pelos jovens, o que talvez se deva ao facto do funcionamento destas consultas ser percepcionado de forma pouco favorável pelos adolescentes.
Arbitragem científica: no
URI: http://hdl.handle.net/10198/5041
Appears in Collections:CE - Dissertações de Mestrado

Files in This Item:

File Description SizeFormat
Sexualidade na Adolescência.pdf11,45 MBAdobe PDFView/Open

Statistics
FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpaceOrkut
Formato BibTex mendeley Endnote Logotipo do DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.

 


  © Instituto Politécnico de Bragança - Biblioteca Digital - Feedback - Statistics
  Estamos no RCAAP Governo Português separator Ministério da Educação e Ciência   Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Financiado por:

POS_C UE