Utilize este identificador para referenciar este registo: http://hdl.handle.net/10198/13980
Título: Conceções e práticas de avaliação das aprendizagens desenvolvidas por professores de matemática do ISP
Outros títulos: Conceptions and evaluation practices of learning developed by ISP math teachers
Autor: Fahe, Adelaide
Pires, Manuel Vara
Palavras-chave: Avaliação para a aprendizagem
Conceções
Ensino superior
Práticas de avaliação
Professor de matemática
Data: 2015
Editora: Instituto Politécnico de Bragança
Citação: Fahe, Adelaide; Pires, Manuel Vara (2015) - Conceções e práticas de avaliação das aprendizagens desenvolvidas por professores de matemática do ISP = Conceptions and evaluation practices of learning developed by ISP math teachers. In Fernandes, Paula O.; Pereira, Ana I.; Martins, Anabela (Coords.) Encontro de Investigadores da Universidade de São Tomé e Príncipe: livro de resumos. Bragança
Resumo: A comunicação apresenta um estudo realizado no âmbito de uma dissertação do mestrado em ensino das ciências, procurando identificar e analisar conceções e práticas de avaliação das aprendizagens de dois professores de matemática do ensino superior. Para isso, elegeram-se as questões norteadoras da investigação: Que conceções revelam os professores de matemática sobre a avaliação? Que práticas de avaliação esses professores seguem (estratégias, técnicas e instrumentos de avaliação utilizados)? Que fatores condicionam essas práticas? O estudo discute o conceito de avaliação e destaca a evolução das conceções e práticas avaliativas (Abrantes, 1995; Fernandes, 2006; Hoffmann, 2008; Perrenoud, 1999), passando-se de uma avaliação predominantemente classificatória para práticas avaliativas integradas no processo de ensino e aprendizagem, assumindo uma natureza formativa e reguladora, tanto para o professor, como para o aluno. Segue-se uma abordagem metodológica de natureza qualitativa através de dois estudos de casos. A triangulação dos dados recolhidos através de questionários, entrevistas e análise de instrumentos de avaliação, revela que os professores refletem, nos seus discursos, conceções quase idênticas e associadas a uma avaliação para a aprendizagem, reguladora do processo de ensino e aprendizagem. Já as suas práticas estão mais próximas de uma avaliação da aprendizagem reforçando a função classificativa. Os alunos, as condições de trabalho e o próprio professor surgem como os principais fatores condicionantes das práticas avaliativas.
Peer review: yes
URI: http://hdl.handle.net/10198/13980
ISBN: 978-972-745-180-7
Aparece nas colecções:ESE - Resumos em Proceedings Não Indexados à WoS/Scopus

Ficheiros deste registo:
Ficheiro Descrição TamanhoFormato 
ResumoCom_Fahe&Pires_EI-USTP2015.pdf441,58 kBAdobe PDFVer/Abrir


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Degois 

Todos os registos no repositório estão protegidos por leis de copyright, com todos os direitos reservados.